AECambuí
Associação Empresarial de Cambuí






QUEM SOMOS | SERVIÇOS | ASSOCIADOS | PROFISSIONAL AUTÔNOMO | EMERGÊNCIA CAMBUÍ | CONTATO
Ligue para AECambui » (35) 3431-2772
» Revista "O Empresário"
» Banco de Currículo
» Últimas Notícias
» Comportamento.
» Comunicação
» Conselhos Úteis
» Consultas Boa Vista Serviço - SCPC
» Finanças ao seu alcance
» Jurisprudência
» Momento Empresarial
» Serviços Prestados - AECAMBUÍ
» Vida saudável
» Turismo
» Fotos da Cidade
» Fotos dos Cursos
» Memória Viva


Revista O Empresário / Número 177 · Abril de 2013



Segundo enquete realizada pela consultoria Fellipelli com mais de 1,3 mil voluntários, a falta de oportunidades de desenvolvimento foi apontada como o fator que mais desmotiva os colaboradores nas corporações. Já a segunda maior causa de desânimo foi a falta de reconhecimento de desempenho. Outros motivos para a perda do interesse são: ter de lidar com um líder controlador e autoritário, desempenhar funções que não utilizam as competências do profissional e a falta de feedback. “Trabalhar com motivação é fundamental para o sucesso de qualquer pessoa e, consequentemente, do negócio ou empresa. A realização profissional, o crescimento na carreira, metas alcançadas, bônus, enfim, tudo é consequência de motivação”, diz o diretor de relacionamento e negócios da Fellipelli, Caio Infante.

Ele acredita, no entanto, que grande parte do estímulo deva vir do próprio colaborador com relação aos desafios e tarefas que fazem parte do seu escopo de trabalho. “A empresa fica responsável por uma parcela menor da motivação, mas nem por isso menos importante, pois ela deve criar um ambiente saudável e competitivo para que as pessoas se desenvolvam e percebam sua importância para a companhia”, acrescenta. A especialista em coaching, Iranise Pedro, ressalta o papel da organização. “A ação realizada no trabalho precisa ter um motivo que faça sentido para o colaborador. Infelizmente, algumas empresas pecam por não conseguir criar uma visão compartilhada de futuro que inspire e dê uma direção clara para os seus colaboradores”, afirma ela. Estudos e manuais de recursos humanos apontam que, se a corporação não divulgar para os funcionários seus objetivos, desafios, metas para os próximos anos e estratégias, há o risco de ela criar um ambiente desfavorável à troca de idéias e, assim, desestimular o funcionário. Isso ocorre em consequência de o colaborador não saber se o que está fazendo se harmoniza com seus planos de carreira.
Administração & Política
» POLÍTICO ESPERTO
» NÓS MERECEMOS
» MINEIRO EXPERIENTE
» EXPERIÊNCIA
» DESÂNIMO NA EMPRESA
» PRIMEIRO MILAGRE DE LULA
Colaboradores
» CARTA QUE LINCOLN ESCREVEU AO PROFESSOR DE SEU FILHO
» TRÊS PEQUENAS HISTÓRIAS
» ROTINA QUE MATA
» VOCÊ CONCORDA?
Comportamento
» PROMESSAS MATRIMONIAIS
» O ESTRANHO EM NOSSA FAMÍLIA.
Comunicação & Internet
» CASTIGO
» ARGUMENTO DECISIVO
» SUA EMPRESA NO FACEBOOK
Empreendedorismo
» EMPRESA IDEAL PARA CAMBUÍ
» TRABALHO SEM FIM
» CRÉDITO SEM COMPLICAÇÃO
» VAI DOER NO BOLSO
» SACOLEIRA DELUXE
Finanças
» INADIMPLENTES
» EMPRÉSTIMO NO CELULAR
» CASAMENTO
» TED MAIS FÁCIL AGORA
Humor & Curiosidades
» O CRACHÁ
» É MUITA MALDADE
» SIGNIFICADO DE NOITE
» COMO VOCÊ MORREU?
» PEDIDO
» DISTRIBUIÇÃO
» HERMANOS
» ASSIM NÃO
Jurisprudência & Segurança
» GRAVIDEZ NO EXAME DEMISSIONAL
» RECEITA NOVA
» A LAGARTIXA
» RECEITA MÉDICA VÁLIDA
» HERANÇA EM VIDA
» TV PODE
Mercado de Trabalho & Educação
» NASCIMENTO DE UM LÍDER
» A FUTURA MÃO DE OBRA
» EXEMPLO
Utilidade Pública
» PLANO DIABÓLICO
» PARA PAPAIS FESTEJAREM O NASCIMENTO DOS FILHOS
Variedades
» RAPIDINHAS DO LEÔNCIO
AECambuí - Associação Empresarial de Cambuí
Agência WebSide