AECambuí
Associação Empresarial de Cambuí






QUEM SOMOS | SERVIÇOS | ASSOCIADOS | PROFISSIONAL AUTÔNOMO | EMERGÊNCIA CAMBUÍ | CONTATO
Ligue para AECambui » (35) 3431-2772
» Revista "O Empresário"
» Banco de Currículo
» Últimas Notícias
» Comportamento.
» Comunicação
» Conselhos Úteis
» Consultas Boa Vista Serviço - SCPC
» Finanças ao seu alcance
» Jurisprudência
» Momento Empresarial
» Serviços Prestados - AECAMBUÍ
» Vida saudável
» Turismo
» Fotos da Cidade
» Fotos dos Cursos
» Memória Viva


Revista O Empresário / Número 175 · Fevereiro de 2013



Constante do Projeto de Lei nº. 1.572/2011, do deputado Vicente Cândido, do PT de São Paulo, encontra-se em plena discussão pelo país a proposta que institui o Novo Código Comercial Brasileiro.
A proposta tem como finalidade instituir um instrumento disciplinador das relações comerciais entre os empresários, tendo em vista que o antigo código, além de defasado em função do tempo (editado em 1850) encontrava-se quase que totalmente derrogado por leis esparsas, a exemplo da Lei das Sociedades Anônimas, da Lei das Sociedades Limitadas, da Lei de Falências e outras mais, além de decretos regulamentadores de dispositivos nas mesmas constantes.

O projeto contempla a sistematização, a revisão, o aperfeiçoamento e a modernização da disciplina jurídica do estabelecimento empresarial, do comércio eletrônico, da concorrência desleal, das condutas parasitárias, da escrituração mercantil, do exercício individual da empresa e da sociedade unipessoal, entre outros assuntos, e tem como base a minuta de Código Comercial elaborada pelo professor Fábio Ulhoa Coelho, titular de Direito Comercial da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, constante de seu livro “O Futuro do Direito Comercial”.

São três os principais objetivos da propositura: o primeiro, de reunir em um único diploma legal, com sistematicidade e técnica, os princípios e regras próprios do direito comercial; o segundo, o de simplificar as normas sobre a atividade econômica, facilitando o cotidiano dos empresários brasileiros e, finalmente, o terceiro, que diz respeito à superação de lamentáveis lacunas na ordem jurídica nacional.
Administração & Política
» PEQUENAS EMPRESAS NA MALHA-FINA
» CARA DE PAU
» PAIXÃO PRESIDENCIAL
» INSUPORTÁVEIS
» DILEMAS DAS EMPRESAS FAMILIARES
» SUFOCO MINEIRO
Colaboradores
» FOCALIZE O CERTO
» A EXPERIÊNCIA
» A ARMA LETAL
» O AJUDANTE
Comportamento
» SUPERSTICIOSAS
» PREGUIÇOSOS
» FUI DEMITIDO
Comunicação & Internet
» GOOGLE X FACEBOOK
» MSN VAI ACABAR
» MARKETING NÃO RESOLVE TUDO
» TORRE DE BABEL
Empreendedorismo
» GURUS DÃO AS DICAS PARA SEU SUCESSO
» APAGÃO DO BOM SENSO
Finanças
» AS LETRINHAS QUE ALTERAM A SUA VIDA
» APRENDA PARA NÃO ERRAR
Humor & Curiosidades
» HONESTIDADE
» O QUE É MELHOR
» A ESPERTEZA DOS CAIPIRAS
» A ISCA
» POR QUE O CÉU É AZUL
» MINEIRIN
Jurisprudência & Segurança
» NOVO CÓDIGO COMERCIAL
» A CULPA É DO BANCO
» CUIDE BEM DOS SEUS DOCUMENTOS
» CARTEIRA DE TRABALHO VAI ACABAR
Mercado de Trabalho & Educação
» QUERO TRABALHAR  SOZINHO
» PAUSA PRODUTIVA
Utilidade Pública
» NÃO MORRA PELA BOCA
Variedades
» RAPIDINHAS DO LEÔNCIO
AECambuí - Associação Empresarial de Cambuí
Agência WebSide