AECambuí | CDL
Associação Empresarial de Cambuí






QUEM SOMOS | SERVIÇOS | ASSOCIADOS | PROFISSIONAL AUTÔNOMO | EMERGÊNCIA CAMBUÍ | CONTATO
Ligue para AECambui » (35) 3431-3046
» Revista "O Empresário"
» Banco de Currículo
» Últimas Notícias
» A legislação e o empresário
» Auto-Ajuda
» Comportamento
» comunicação
» Conselhos Úteis
» Finanças ao seu alcance
» Jurisprudência
» Momento Empresarial
» Tipos de Consultas SCPC
» Vida saudável
» Turismo
» Fotos da Cidade
» Fotos dos Cursos
» Memória Viva


Revista O Empresário / Número 129 · Abril de 2009



Nos últimos meses, dioceses em todo o mundo vêm oferecendo aos católicos um benefício espiritual que saiu de moda há décadas - a indulgência, uma espécie de anistia da punição na vida, após a morte.

Segundo ensinamentos da igreja, mesmo depois de o pecador ser absolvido no confessionário e cumprir a penitência, ainda enfrenta o castigo após a morte, no purgatório, antes que possa ingressar no paraíso. Em troca de determinadas orações, devoções ou romarias em anos especiais, um católico pode receber uma indulgência, que reduz ou apaga esse castigo instantaneamente. Há indulgências, que reduzem o tempo de purgatório por determinado número de dias ou anos, e indulgências plenárias, que eliminam o tempo de purgatório todo, até que seja cometido outro pecado.

O fiel pode obter uma indulgência para ele mesmo ou para uma pessoa que já morreu. Não se podem comprar indulgências - a igreja proibiu a venda em 1567-, mas contribuições caridosas, associadas a outros atos, podem ajudar o fiel a fazer jus a uma delas. As indulgências plenárias são limitadas a uma por pecador por dia.

A oferta atual está ligada à celebração de São Paulo, que dura um ano, até junho.

Fazer os católicos voltarem ao confessionário foi uma das motivações que levou à reintrodução das indulgências. Num discurso feito em 2001, JoãoPaulo II descreveu como “feliz incentivo” à confissão. Fonte: “New york Times”
Administração & Política
» Bancos estão com medo
» Cidades pequenas não receberão ajuda
» Sumiu
» Conduta política
» Mau exemplo
» Combustível
» Populismo
» Nunca antes
» Lula pede juízo aos trabalhadores
Colaboradores
» Para sua reflexão
» Ser sábio é...
Comportamento
» Indulgência volta à Igreja Católica
» Os 7 pecados capitais
» Hábito perigoso
» É o amor
Comunicação & Internet
» Mude de operadora, sem trocar de número
» Terapia do elogio
» Use a internet contra a crise
» Cuidado com o namoro na internet
Empreendedorismo
» Brasileiro é pouco inovador
» 10 passos para planejar as finanças de uma viagem
» Você sabe delegar
Finanças
» Como bancos quebraram o mundo
» Receita libera serviços on line
» Caixa facilita a compra
» Poupança agora é problema
Humor & Curiosidades
» O bom, o ruim e o feio
» Velório português
» ... e Deus fez a mulher
» Por que a gente soluça?
» Coisa de mineirim
Jurisprudência & Segurança
» Mitos e Verdades no comércio
» Pré-datado pode dar processo
» Processos contra médicos serão rápidos
» Limitação dos juros
Mercado de Trabalho & Educação
» Currículo inicia tudo
» Fique atento
» Livros de economia e negócios
Rapidinhas do Leôncio
» Notas de abril
AECambuí | CDL - Associação Empresarial de Cambuí
Agência WebSide