AECambuí | CDL
Associação Empresarial de Cambuí






QUEM SOMOS | SERVIÇOS | ASSOCIADOS | PROFISSIONAL AUTÔNOMO | EMERGÊNCIA CAMBUÍ | CONTATO
Ligue para AECambui » (35) 3431-3046
» Revista "O Empresário"
» Banco de Currículo
» Últimas Notícias
» A legislação e o empresário
» Auto-Ajuda
» Comportamento
» comunicação
» Conselhos Úteis
» Finanças ao seu alcance
» Jurisprudência
» Momento Empresarial
» Tipos de Consultas SCPC
» Vida saudável
» Turismo
» Fotos da Cidade
» Fotos dos Cursos
» Memória Viva


Revista O Empresário / Número 129 · Abril de 2009



Em momentos de crise, além das pessoas que perderam suas posições e procuram novas, há aqueles que querem mudar para setores menos afetados. Por isso, são centenas de currículos por semana.

Para ser notado no meio dessa enxurrada de e-mails e papéis, um currículo precisa ter algumas características. A principal, e que a maioria não tem, é apresentar números e resultados.

Não basta apenas listar que a pessoas foi diretora de vendas por um número xis de anos. Ela precisa colocar que, enquanto ocupou o cargo, implantou um novo sistema de controle de estoques, aumentou as vendas da empresa em tantos por cento, diminuiu gastos em tantos por cento. A pessoa não deve pensar que esses dados ela pode fornecer na entrevista. Sem eles, atualmente ela nem chegará a uma entrevista.

Ainda existe no país resquícios da cultura de que fazer uma longa carreira no mesmo lugar conta pontos.

Então chegam currículos apenas com os períodos em que a pessoa ocupou determinadas funções. Isso não diz nada. Afinal, o que essa pessoa fez por tanto tempo?

Além dos resultados, outro ponto falho em muitos currículos, segundo os consultores, são as formas de contato. Pode parecer ridículo, mas de 10% a 20% dos currículos chegam sem telefones e e-mail de contato ou com dados desatualizados.

Outro cuidado é evitar jargões do setor em que a pessoa atua ou o “corporativês”.

A dica é mostrar o currículo para alguma pessoa de fora ler. Se ele não entender alguma coisa, existe a chance de contratantes não entenderem também, se não estiverem ligados àquele setor.

E o currículo deve estar pronto mesmo se a pessoa ainda está trabalhando. É muito mais fácil mantê-lo atualizado do que correr para fazer um novo, caso você pretenda buscar novas atividades.

Mesmo quem está bem colocado pode precisar a qualquer momento. A Associação Empresarial de Cambuí digita o currículo para você.
Administração & Política
» Bancos estão com medo
» Cidades pequenas não receberão ajuda
» Sumiu
» Conduta política
» Mau exemplo
» Combustível
» Populismo
» Nunca antes
» Lula pede juízo aos trabalhadores
Colaboradores
» Para sua reflexão
» Ser sábio é...
Comportamento
» Indulgência volta à Igreja Católica
» Os 7 pecados capitais
» Hábito perigoso
» É o amor
Comunicação & Internet
» Mude de operadora, sem trocar de número
» Terapia do elogio
» Use a internet contra a crise
» Cuidado com o namoro na internet
Empreendedorismo
» Brasileiro é pouco inovador
» 10 passos para planejar as finanças de uma viagem
» Você sabe delegar
Finanças
» Como bancos quebraram o mundo
» Receita libera serviços on line
» Caixa facilita a compra
» Poupança agora é problema
Humor & Curiosidades
» O bom, o ruim e o feio
» Velório português
» ... e Deus fez a mulher
» Por que a gente soluça?
» Coisa de mineirim
Jurisprudência & Segurança
» Mitos e Verdades no comércio
» Pré-datado pode dar processo
» Processos contra médicos serão rápidos
» Limitação dos juros
Mercado de Trabalho & Educação
» Currículo inicia tudo
» Fique atento
» Livros de economia e negócios
Rapidinhas do Leôncio
» Notas de abril
AECambuí | CDL - Associação Empresarial de Cambuí
Agência WebSide