AECambuí
Associação Empresarial de Cambuí






QUEM SOMOS | SERVIÇOS | ASSOCIADOS | PROFISSIONAL AUTÔNOMO | EMERGÊNCIA CAMBUÍ | CONTATO
Ligue para AECambui » (35) 3431-2772
» Revista "O Empresário"
» Banco de Currículo
» Últimas Notícias
» Comportamento.
» Comunicação
» Conselhos Úteis
» Consultas Boa Vista Serviço - SCPC
» Finanças ao seu alcance
» Jurisprudência
» Momento Empresarial
» O que é Boa Vista SCPC?
» Serviços Prestados - AECAMBUÍ
» Vida saudável
» Turismo
» Fotos da Cidade
» Fotos dos Cursos
» Memória Viva


VOLTAR
Últimas Notícias


Publicado em: 20/12/2021

Causas que envolvam valores até R$ 20 mil podem participar da campanha de mediação, ofertada gratuitamente até o dia 31 de janeiro de 2022

Já imaginou resolver aquele conflito com fornecedor, banco, locatário ou cliente sem precisar acionar a Justiça? Tudo solucionado com mediação gratuita, alguns cliques e diálogo assistido? Essa facilidade está disponível para os donos de micro ou pequenos negócios de todo Brasil, através da parceria entre Sebrae e a Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB).

A Campanha Nacional de Mediação Online e Gratuita para as MPE está aberta até o dia 31 de janeiro, com objetivo de contribuir para a solução de problemas que envolvam valores até R$ 20 mil, de forma rápida e gratuita. Para participar, a pessoa proprietária da empresa deve acessar aqui, descrever o problema que enfrenta e como gostaria de resolvê-lo. Dados pessoais do solicitante devem ser preenchidos corretamente, assim como os contatos da outra parte.

Na sequência, de forma online, a outra parte é convidada a participar da mediação. Após o aceite, as mediações acontecem em ambiente online, seguro e confidencial, na área do cliente, onde é possível por meio de alertas e configurações do sistema, realizar as negociações e acompanhar o andamento do caso. Por fim, com auxílio do mediador, caso as duas partes aceitem, é assinado um acordo, evitando que o caso seja judicializado.

A analista de Políticas Públicas do Sebrae, Lillian Toledo, enumera as diversas vantagens da adesão à mediação. “Economia de tempo e dinheiro, rapidez na solução dos conflitos, as duas partes têm o poder de decidir qual o melhor acordo, ainda são orientadas por profissionais capacitados, podendo contar com a imparcialidade do mediador e total sigilo e preservação da empresa”, destaca.

De acordo com a analista, o uso da mediação de conflitos ainda não é uma cultura popular no Brasil, muitas vezes por falta de informação da disponibilidade do serviço. “Com a pandemia e as respectivas medidas de combate ao avanço da Covid, como fechamento dos comércios, por exemplo, há uma tendência de aumento dos problemas envolvendo os mais diversos assuntos, como aluguéis, empréstimos bancários, fornecedores e clientes. A mediação serve para resolver essas e muitas outras controvérsias, e prevenir que cheguem ao Judiciário. Infelizmente, muitas pessoas desconhecem essa facilidade e acabam recorrendo aos processos judiciais”, afirma.

Por: Sebrae
AECambuí - Associação Empresarial de Cambuí
Agência WebSide