AECambuí | CDL
Associação Empresarial de Cambuí






QUEM SOMOS | SERVIÇOS | ASSOCIADOS | PROFISSIONAL AUTÔNOMO | EMERGÊNCIA CAMBUÍ | CONTATO
Ligue para AECambui » (35) 3431-2772
» Revista "O Empresário"
» Banco de Currículo
» Últimas Notícias
» Comportamento.
» Comunicação
» Conselhos Úteis
» Consultas Boa Vista Serviço - SCPC
» Finanças ao seu alcance
» Jurisprudência
» Momento Empresarial
» Serviços Prestados - AECAMBUÍ
» Vida saudável
» Turismo
» Fotos da Cidade
» Fotos dos Cursos
» Memória Viva


VOLTAR
Últimas Notícias


Publicado em: 31/03/2021

Veja essas dicas para gerar oportunidades de negócios

Este ano, com a crise causada pela pandemia, a compra de ovos de Páscoa será mais personalizada. Os empreendedores devem direcionar suas produções para nichos de mercado e inovar nos sabores, pensando no que o cliente gosta mais, como por exemplo: chocolate 70%, sem lactose ou sem açúcar. Preço ainda é a condição mais importante para a aquisição do produto neste cenário, devido ao baixo poder aquisitivo da população. Então, tamanhos e formatos diferentes, com preços variados, também ajudarão nas vendas.

Pensamos na Páscoa (ou qualquer outra data comemorativa), como uma grande oportunidade de geração de negócios. Porém, diante da nova realidade, elas estão fortemente presentes no ambiente digital. Em 2020, os pequenos negócios investiram na presença digital (sites e redes sociais) e, agora, é o momento de criar estratégias simples de comunicação assertiva, humanizada e, principalmente, criativa.

“Como muitas famílias não poderão se reunir, crie opções de cestas recheadas de gostosuras para presentear pais, primos, tios, etc) e não esqueça de kits para os Pets. Por que não usar a criatividade e a humanização para escrever algo carinhoso sobre os tipos de chocolates e suas receitas e publicar em suas redes sociais?”, destaca Raquel Abrantes, coordenadora de Mercado do Sebrae Rio, que também dá outras dicas:

Use o poder das Redes Sociais a seu favor: As redes sociais são ferramentas poderosas para anunciar e vender produtos, além de estreitarem o canal de relacionamento com o cliente. Hoje, podemos escolher cada rede de acordo com o público alvo (Facebook, Instagram, TikTok, Whatsapp), use feed, stories ou vídeos. Os vídeos são ótimos para deixar os clientes com água na boca e mostrar a sua produção e a matéria-prima. Sensibilize o seu cliente com o diferencial do seu produto, com o carinho empenhado na produção. Mostre a vida real!

Invista em uma boa imagem para divulgar as gostosuras: É válido ganhar os possíveis clientes pelas imagens postadas. Lembre-se: “uma imagem vale mais que mil palavras”. Antes de saber sobre o produto em si (preço, ingredientes e marca) as pessoas olham a foto postada. Ajuste o foco da câmera e capriche!

Acerte no seu público-alvo: Analise criteriosamente quem são os consumidores dos seus produtos. Deixe claro que você consegue montar o desejo do seu cliente desde a produção de ovos mais básicos até os que possuem mais elementos, mas é necessário saber qual público irá alcançar com sua venda. Fique atento que preço é posicionamento e estratégia de marketing, sendo assim, ajuste para o seu público.

Ofertas e bônus especiais: Se estamos falando de público-alvo e de preço, não podemos esquecer das ofertas e dos bônus. Faça ofertas que estimule o seu público a comprar mais. O atrativo da sua empresa pode ser uma embalagem diferenciada, um produto adicional, um super desconto na compra de outros produtos e até mesmo um frete grátis. Mas lembre-se que tudo deve ser calculado e bem planejado para caber no seu orçamento.

Delivery: Se falamos de frete grátis, não podemos esquecer do quanto é importante usar o delivery na medida certa. Faça parcerias com empresas credenciadas ou use seu carro para fazer entregas, mas o delivery é um grande diferencial para o consumo.

Um exemplo é a Cardoso Brownie Gourmet, empresa familiar que nasceu há seis anos. Especializada em chocolate e brownie e localizada no município de Nilópolis, na Baixada Fluminense, a proprietária Mônica Cardoso está apostando no delivery para aumentar as vendas. “Ano passado, com a pandemia, a Páscoa foi muito difícil. Havíamos aberto uma loja física e investido em vários produtos, não deu certo. Percebemos que trabalhar com o varejo é bem diferente do que estávamos acostumados a fazer, ou seja, fabricar nosso chocolate e trabalhar com eventos. Mas não desistimos do sonho, com apoio das consultorias do Sebrae Rio, enxugamos o cardápio de produtos, para não ter custos altos com os insumos e, há dois anos, decidimos ficar só com a fábrica e investimos forte no delivery e nas redes sociais. Financeiramente o delivery está sendo muito melhor do que era com a loja. Estamos conseguindo manter nossa equipe e ainda gerar renda para outras pessoas que compram o nosso chocolate para empreender”, destaca Mônica Cardoso.

A empreendedora também destaca como ponto forte da empresa o cuidado com a higiene mesmo antes da pandemia. “A gente tem se preocupado muito com a higiene. Com a pandemia, estamos colocando as sacolas de delivery dentro de plásticos vedados. Não medimos esforços para proteger o produto e a saúde do nosso cliente, mesmo reduzindo a nossa margem de lucro. A embalagem e a apresentação do produto são muito importantes para nossa empresa, além do sabor”.

Fonte: Redação





AECambuí | CDL - Associação Empresarial de Cambuí
Agência WebSide