AECambuí | CDL
Associação Empresarial de Cambuí






QUEM SOMOS | SERVIÇOS | ASSOCIADOS | PROFISSIONAL AUTÔNOMO | EMERGÊNCIA CAMBUÍ | CONTATO
Ligue para AECambui » (35) 3431-3046
» Revista "O Empresário"
» Banco de Currículo
» Últimas Notícias
» Campanha: Ano Novo, Dívida Zero
» Comportamento.
» Comunicação
» Concurso Vitrine Premiada 2020
» Conselhos Úteis
» Consultas Boa Vista Serviço - SCPC
» Finanças ao seu alcance
» Jurisprudência
» Momento Empresarial
» Promoção Compre Aqui
» Vida saudável
» Turismo
» Fotos da Cidade
» Fotos dos Cursos
» Memória Viva


VOLTAR
Últimas Notícias


Publicado em: 16/11/2020

Se você atrasar o pagamento de uma dívida, até mesmo de impostos como IPVA e IPTU, o credor irá enviar um aviso da dívida para bancos de dados de proteção ao crédito, como o SCPC.
Os bancos de dados mandam pra você (por correio, SMS ou e-mail) um comunicado informando sobre o não pagamento de uma determinada dívida, dando um prazo pra que você faça o pagamento dos valores em aberto. Se você não conseguir fazer o pagamento dentro do prazo, seu nome (e CPF) é cadastrado como devedor e fica “sujo”, como a gente fala popularmente.

A carta ou comunicado do banco de proteção de crédito é uma das formas de você saber se seu nome vai ficar sujo.
Para saber se ele já está sujo, você pode se dirigir até a uma entidade credencida como a Associação Empresarial de Cambuí para fazer a consulta do seu CPF. Se estiver com alguma dívida em aberto, ficará sabendo de qual é o valor e pra quem você deve.

Depois de quanto tempo de atraso meu nome é negativado?
O mais comum é o envio da informação do atraso no pagamento após 30 dias do vencimento da conta. Mas saiba que a empresa pode encaminhar seu nome ao banco de dados de inadimplentes até antes desse prazo.

O que acontece se meu nome estiver sujo?
Além da possibilidade de não conseguir mais crédito na praça, sua nota Score vai cair, o que também pode dificultar coisas como comprar a prazo, abrir uma conta corrente, fazer um financiamento de carro ou imóvel e até se matricular numa escola ou universidade, por exemplo.
Mas há outras consequências ainda mais sérias que podem acontecer: bens como veículos podem ser bloqueados na Justiça para quitar a dívida, caso o credor entre com uma ação judicial de cobrança, por exemplo.

Como as empresas sabem que meu nome está sujo?
As empresas consultam banco de dados de proteção ao crédito, como o SCPC, quando você solicita crédito a elas.

Se você deixou de pagar alguma dívida e isso está registrado, essa empresa será informada, o que diminui as chances de você ter o crédito aprovado.

O que fazer para limpar o nome?
Funciona assim: não é você que irá limpar o nome, e sim a empresa que te negativou. Mas ela só fará isso após você pagar ou renegociar sua dívida.
Após o pagamento dos valores em abertos ou da renegociação, a empresa irá enviar um comunicado ao banco de dados, como a Boa Vista, solicitando a retirada de seu nome da lista de inadimplentes. O prazo é de cinco dias após o pagamento.

O nome fica limpo após cinco anos?
Pelo Código de Defesa do Consumidor, o banco de dados só pode apontar você como inadimplente por conta de uma dívida por cinco anos. Este prazo, conforme decisão do Superior Tribunal de Justiça, começa a ser contado da data do vencimento da dívida.
Mas olha, se você não pagou a dívida no prazo de cinco anos, isso não significa que ela deixa de existir, ok? A dívida apenas deixa de aparecer no SCPC, mas ainda existe, os juros continuarão correndo e o credor pode continuar cobrando você por ela, e até entrar com ação de cobrança na Justiça.

O que são bancos de dados de proteção ao crédito?
São empresas, também conhecidas como birôs de crédito. Elas recebem do mercado informações sobre a pontualidade ou não de consumidores, trabalham estes dados e devolvem ao mercado informações sobre o comportamento de pagamento dos consumidores.

Ou seja, “são intermediadores na relação entre credor e devedor”, conforme a ANBC (Associação Nacional dos Birôs de Crédito)
As informações coletadas têm origem em diferentes fontes, como bancos, companhias de cartão de crédito, redes varejistas, instituições financeiras não bancárias e empresas de serviços públicos como água, luz e telefone.


AECambuí | CDL - Associação Empresarial de Cambuí
Agência WebSide