AECambuí | CDL
Associação Empresarial de Cambuí






QUEM SOMOS | SERVIÇOS | ASSOCIADOS | PROFISSIONAL AUTÔNOMO | EMERGÊNCIA CAMBUÍ | CONTATO
Ligue para AECambui » (35) 3431-3046
» Revista "O Empresário"
» Banco de Currículo
» Últimas Notícias
» Campanha: Ano Novo, Dívida Zero
» Comportamento.
» Comunicação
» Conselhos Úteis
» Consultas Boa Vista Serviço - SCPC
» Finanças ao seu alcance
» Jurisprudência
» Momento Empresarial
» Vida saudável
» Turismo
» Fotos da Cidade
» Fotos dos Cursos
» Memória Viva


VOLTAR
Últimas Notícias


Publicado em: 04/03/2020

O nervosismo na hora de participar de processos seletivos é comum, porém pode atrapalhar na conquista pelo emprego. O cenário no Brasil hoje é de 11,6 milhões de pessoas em busca de um trabalho, de acordo com a última pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). E esse fato pode virar um empecilho mental, entretanto, estar preparado é o melhor caminho para o sucesso, afirma Roberta Valezio, People Experience Manager da WAVY Global .

A especialista dá algumas dicas práticas para que o candidato não desperdice a oportunidade que é concedida no momento da entrevista, mas explica que as orientações são aplicáveis em maior ou menor medida dependendo do estilo da empresa, do perfil da vaga e do momento de carreira de quem está buscando uma nova colocação no meio profissional.

1. Conheça a si mesmo(a) com a maior profundidade e sinceridade que puder

Faça a sua linha do tempo. Da infância até os dias de hoje. para saber onde quer chegar. Pode parecer bobagem, mas olhar para cada etapa no detalhe, faz a diferença. Escreva tudo no papel. Esquematize, grave um audio, faça um video ou apresente para o espelho. Imagine-se em um TED Talk contando os highlights de tudo isso.

Conheça a si mesmo com a máxima riqueza de detalhes que puder. Listas de perguntas padrão você acha aos montes procurando em sites de busca. Conheça-se tão bem até que todas elas pareçam simples de responder para o(a) entrevistador(a).

2. Estude a empresa e a vaga (E decida se você as quer mesmo)

Conhecer a empresa para a qual está se candidatando é uma das principais dicas que você deve seguir a risca. O exercício de ler o site, perfis nas redes sociais, notícias a respeito, relatórios financeiros tende a ser crucial, mas é válido buscar o que os próprios funcionários acham daquela empresa.

3. Não fique alienado

Ache seus meios de se informar sobre política, economia e sociedade. Alimente-se de fontes diversas, forme opiniões e tenha clareza sobre o que está acontecendo no mundo.

Há uma infinidade de possibilidades aqui. Da televisão, ao rádio, jornal ou internet. Ouvir podcasts, assinar jornais, seguir páginas de notícias, entre outras formas de se manter antenado ao que acontece no seu país e no mundo. Encontre um jeito de pesquisa que seja conveniente, mas saiba quais são os principais eventos que estão acontecendo e aconteceram nos últimos meses e tenha uma posição sobre eles.

4. Identifique o perfil do seu recrutador

Repare bem a linguagem corporal - e até verbal - de quem te ouve. Capte os sinais de quando for hora de parar e hora de seguir. Na dúvida, tenha uma apresentação pessoal de poucos minutos redondinha e ensaiada, e tenha repertório e profundidade para os pontos que serão explorados nas perguntas sobre ela, ou para reformulá-la completamente segundo algum formato inusitado.

4. Por fim, seja genuíno

Fingir ser alguém que não é em um processo seletivo e trair seus valores só vai te levar a lugares onde você não quer estar - e onde provavelmente não querem que você esteja. Seja você. Mas se você puder ser polido, gentil e agradável no processo de ser autêntico, é melhor ainda.

Roberta explica que na WAVY e no Grupo Movile novos processos seletivos estão em alta, como seleção às cegas e parte do processos realizados por bots. Ela ressalta que é preciso tanto para o candidato, quanto para as empresas estarem atentos aos novos formatos de seleção, em especial os que utilizam tecnologia.

"Em nossos processos seletivos contamos com ajuda de robôs e Inteligência Artificial para proporcionar, além de uma triagem justa, experiências marcantes aos que se interessam em ingressar no time da WAVY. Buscamos sempre talentos que tenham fit com a cultura, muito potencial e vontade de se desenvolver dentro da empresa, é por esse aspecto também que conhecer a organização a fundo, leva o candidato a participar de processos que fazem sentido para ele", explica Roberta Valezio.
AECambuí | CDL - Associação Empresarial de Cambuí
Agência WebSide