AECambuí | CDL
Associação Empresarial de Cambuí






QUEM SOMOS | SERVIÇOS | ASSOCIADOS | PROFISSIONAL AUTÔNOMO | EMERGÊNCIA CAMBUÍ | CONTATO
Ligue para AECambui » (35) 3431-3046
» Revista "O Empresário"
» Banco de Currículo
» Últimas Notícias
» A legislação e o empresário
» Auto-Ajuda
» Comportamento.
» comunicação
» Conselhos Úteis
» Consultas Boa Vista Serviço - SCPC
» Finanças ao seu alcance
» Jurisprudência
» Momento Empresarial
» Vida saudável
» Turismo
» Fotos da Cidade
» Fotos dos Cursos
» Memória Viva


VOLTAR
Últimas Notícias


Publicado em: 01/01/2020

Atire a primeira pedra quem nunca fez uma lista de metas no final do ano.

E muitas metas se repetem ao longo dos anos, justamente porque dificilmente são cumpridas. Uma pesquisa divulgada pela Universidade de Scranton, nos EUA, mostrou que apenas 8% da população cumpre as metas estabelecidas nesse período.

E com isso, vai ficando pra trás o desejo de fazer um curso, de entrar para a academia, de lutar por uma promoção no trabalho e diversas outras que são bem comuns de estarem presentes na lista. A pesquisa mostra ainda, que 55% das resoluções de Ano Novo estão relacionadas à saúde, alimentação, atividade física e acabar com dívidas.

Mas, e como mudar esse quadro? “Um planejamento bem feito é crucial para que as metas saiam do papel e deixem de ser simples anotações”, explica Dario Kosugi, head de educação da Conquer, escola de negócios com formações e especializações para o novo mercado, e que também desenvolve soft skills como produtividade.

Ainda segundo ele, “é muito importante estabelecer prazos, ser específico e trabalhar com metas possíveis. Além disso, metas de ano novo requerem mudança de hábitos. Por isso, se você deixar a coisa muito ampla, será difícil seguir com ela porque qualquer outra coisa poderá entrar no caminho e te tirar o foco”, garante ele.

E para ajudar aqueles que não conseguem colocar as metas em prática, Kosugi listou algumas dicas que podem te proporcionar uma nova relação com as suas metas. Confira:

1. Detalhe suas metas

Não adianta trabalhar com metas amplas ou genéricas demais. Assim como num planejamento de trabalho, é preciso especificar bem o que se pretende para conseguir ir, passo a passo, em busca dos resultados. Por exemplo, uma das metas mais comuns no final do ano é entrar na academia. Mas definir uma meta como “fazer academia” não basta.

É preciso definir detalhes como: quando vai começar, quantas vezes na semana, em qual academia pretende se matricular. Neste caso, uma boa meta pode ser: ir à academia 2x na semana a partir de fevereiro, por pelo menos 3 meses.


Além disso, é importante definir a primeira tarefa possível de realizar em direção ao cumprimento desta meta – uma tarefa que seja possível realizar em menos de dois minutos. Por exemplo, no caso da academia, execute de cara a primeira coisa que pode fazer, como procurar três academias perto de casa ou do trabalho, ver preços e se matricular. Assim, já é possível sair da inércia.

2. Compartilhe

Quando definir suas metas, encontre alguém para compartilhar e, sobretudo, te acompanhar na realização de algumas delas. Afinal, sempre tem alguém afim de fazer a mesma coisa que você. Para isso, você pode fazer um post nas suas redes sociais convidando alguém para começar um curso, por exemplo. Companhias nos deixam mais compromissados com nossas metas, além de motivar muito mais as pessoas envolvidas.

3. Deixe suas metas visíveis


Muitas vezes, o não cumprimento de uma meta não é por falta de motivação ou disciplina, e simplesmente porque as pessoas se esquecem delas, perdem de vista e voltam às suas rotinas habituais. Isso mesmo. Como lembrar de todas as metas que você estabeleceu apenas na sua cabeça?

Por isso, mude seu ambiente para sempre lembrar daquilo que você se comprometeu. Coloque alarmes diários, post-its nas paredes, avise as pessoas próximas e crie um comprometimento público com sua meta.

4. Organização financeira

A maioria das metas de ano novo exige, além de tempo, uma boa organização financeira. Sem ela, fica difícil realizar praticamente todas as outras que você se propuser a cumprir. Talvez "Organizar Minhas Finanças" possa ser justamente sua primeira meta.

5. Aprenda a organizar seu tempo

Toda meta também envolve uma mudança de rotina, que envolve organização de agenda e de tarefas. Investir num curso de produtividade e organização no início do ano é ótimo para isso, além de clarear suas ideias e mostrar o que realmente é possível ou não executar durante o ano
AECambuí | CDL - Associação Empresarial de Cambuí
Agência WebSide