AECambuí | CDL
Associação Empresarial de Cambuí






QUEM SOMOS | SERVIÇOS | ASSOCIADOS | PROFISSIONAL AUTÔNOMO | EMERGÊNCIA CAMBUÍ | CONTATO
Ligue para AECambui » (35) 3431-3046
» Revista "O Empresário"
» Banco de Currículo
» Últimas Notícias
» A legislação e o empresário
» Auto-Ajuda
» Comportamento
» comunicação
» Conselhos Úteis
» Finanças ao seu alcance
» Jurisprudência
» Momento Empresarial
» Tipos de Consultas SCPC
» Vida saudável
» Turismo
» Fotos da Cidade
» Fotos dos Cursos
» Memória Viva


VOLTAR
Últimas Notícias


Publicado em: 23/09/2018

Por que é que tendemos a sermos mais bem sucedidos em atividades que realmente nos apaixonamos?

Por que o tempo parece arrasar quando você está completamente entediado e desinteressado em uma tarefa? Como é que você pode facilmente perder-se em uma tarefa realmente do seu interesse?

Problema no artigo?

Psicologicamente, montar um estado de fluxo mental, você poderá sentir-se incrivelmente agradável e libertador.

Além de ser uma experiência prazerosa e produtiva, a mudança do fluxo mental também tem uma série de outros benefícios para o bem-estar, incluindo aumento da autoestima, autoconfiança, satisfação de vida e felicidade geral.

Veja os benefícios que estes 8 passos irão lhe trazer:

Você sente um foco completo de atenção;

A atividade é intrinsecamente gratificante;

Você tem objetivos claros, alcançáveis ​​(embora ainda desafiadores);

Você tem um sentimento de paz e ganha no agora;

Há um elemento de intemporalidade, ou seja, perdendo o controle do tempo durante a atividade;

Você recebe feedback imediato;

Você sabe que a tarefa é possível, e você pode encontrar um equilíbrio entre o nível de habilidade e o desafio apresentado;

Você sente uma sensação de controle pessoal sobre seus esforços;

Você perde suas necessidades físicas por entrar em estado presente;

Você experimenta um nível de concentração excepcionalmente alto.

Aqui estão oito etapas para aprimorar seu estado de fluxo:

I) Faça algo que o interaja

O fluxo mental vem mais naturalmente quando somos intrinsecamente motivados, animados e curiosos sobre a tarefa.

Então, se você estiver procurando por ser criativo e produtivo, opte por concentrar-se em uma tarefa que você gosta e já se sente apaixonado. Se isso for para o trabalho, ou caso não tenha a escolha da tarefa, tente identificar elementos das tarefas que o excitam.

Talvez existam algumas partes do trabalho ou elementos de uma tarefa que lhe interessa? Preste especial atenção aquilo que lhe traz sensação boa.

II) Definir objetivos claros

Seja específico quando você está começando em uma tarefa. Qual é o objetivo que você está buscando? Você está tentando terminar uma pintura? Escrever uma nova música? Um empreendimento em andamento? Completar uma apresentação? Ou um curso de autoconhecimento? Isso ajudará a aprimorar seu foco e mantê-lo na tarefa.

Se você tentar fazer demais, isso pode sobrecarregar você, e se você fizer muito pouco, você pode não gastar tempo suficiente em profunda concentração para alcançar um estado de fluxo. A clareza dos objetivos é a melhor amiga do foco.

III) Encontre um tempo tranquilo e produtivo

A maioria das pessoas descobre que um ambiente de paz e tranquilidade funciona melhor para induzir um estado de fluxo mental, possivelmente por causa de como os padrões de ondas cerebrais se deslocam para frequências mais lentas durante o fluxo.

Quando você começa seu trabalho, tente cultivar um ambiente calmo e silencioso. Além disso, certifique-se de identificar quando você é mais produtivo: para alguns, esta é a primeira coisa da manhã e para outros é a tarde. Para mim, é logo cedo pela manhã. Identifique o momento certo para você ser criativo e bloqueá-lo para se envolver em seu tempo de fluxo.

IV) Evite as interrupções e distrações

As interrupções são o inimigo do fluxo. Toda vez que se distrai, seja um amigo falando com nós ao fone, o nosso sinal sonoro, os e-mails que entram, mensagerias online, uma música distrativa ou uma mesa bagunçada, pode nos tirar do aluxo e acelerar nossas ondas cerebrais para o estado beta. Quando você decidir que é hora de entrar no fluxo, desligue o telefone, peça a seus familiares, amigos ou pessoas presentes para não incomodá-lo e arrume seu espaço de trabalho antes de começar.

V) Concentre-se o quanto você puder

Uma vez que você pode sentar-se durante um tempo produtivo silencioso sem distrações, tente manter o foco ao máximo que puder. No início, especialmente se você é novo na tarefa, você só poderá concentrar-se talvez por cinco ou dez minutos, mas isso é bom: apenas continue praticando!

À medida que você continua direcionando suas energias para concentrar-se, você treinará seu cérebro para que seja mais fácil e fluentemente entrará no estado de fluxo mental, e em pouco tempo, as horas passarão como se fossem minutos.

VI) Combine as suas habilidades e competências com a tarefa

Podemos inserir o fluxo mental quando trabalhamos em uma tarefa adequada ao nosso nível de habilidade.
Em outras palavras, quando estamos bem preparados para a tarefa em questão, somos mais propensos a experimentar o fluxo mental. Acontece quando as habilidades de uma pessoa estão totalmente envolvidas na superação de um desafio que é quase gerenciável, por isso atua-se como um ímã para aprender novas habilidades e desafios crescentes, e se os desafios são muito baixos, aumentar é importante.
Se os desafios são muito bons e prazerosos, pode-se retornar ao estado do fluxo aprendendo novas habilidades, para competir consigo mesmo a fim de expandir a consciência.

VII) Experimentando o desconforto na zona do não sei, é ótimo

Suas habilidades devem corresponder à tarefa em questão, mas também é possível esticar suas habilidades um pouco após sua zona de conforto para maximizar o fluxo mental. Um pouco de desafio pode ser uma ótima coisa a se fazer. Então, como exemplo, talvez você esteja tentando um novo movimento de ioga que seja extremamente difícil. Ou você está gravando uma música usando um novo software.

Enquanto as habilidades de fundo estiverem lá, empurrar-se um pouco pode ser excelente para trazê-lo para um estado concentrado e produtivo.

VIII) Enfatize o processo

Finalmente, lembre-se de que a experiência de fluxo mental é um PROCESSO, não um resultado. Em outras palavras, trabalhar e criar a partir de um local de fluxo mental é uma habilidade de vida que você poderá esforçar-se para dominar com a prática, e isso geralmente não acontece durante a noite. Apenas continue tentando e jamais desista, mesmo que você não engane sua mente imediatamente.

Lembre-se, o fluxo mental é todo o prazer e a vida no momento presente. Se você se tornar envolvido no resultado, então poderá aproveitar sua diversão mental. Quem realmente se importa com a aparência da pintura, desde que tenha gostado de pintar!? Apenas continue tentando e continue a ser aberto à criatividade fluindo através do seu espaço.

A medida que mergulhamos em uma atividade que estimula nossas paixões, curiosidades e interesses, perdemos o mundo ao nosso redor e podemos inserir estados incomuns de criatividade e produtividade. Experimente!

( Rafael José Pôncio)


AECambuí | CDL - Associação Empresarial de Cambuí
Agência WebSide