AECambuí | CDL
Associação Empresarial de Cambuí






QUEM SOMOS | SERVIÇOS | ASSOCIADOS | PROFISSIONAL AUTÔNOMO | EMERGÊNCIA CAMBUÍ | CONTATO
Ligue para AECambui » (35) 3431-3046
» Revista "O Empresário"
» Banco de Currículo
» Últimas Notícias
» A legislação e o empresário
» Auto-Ajuda
» Comportamento
» comunicação
» Conselhos Úteis
» Finanças ao seu alcance
» Jurisprudência
» Momento Empresarial
» Tipos de Consultas SCPC
» Vida saudável
» Turismo
» Fotos da Cidade
» Fotos dos Cursos
» Memória Viva


VOLTAR
Últimas Notícias


Publicado em: 04/09/2018

Se eu não estiver aqui, essa empresa não anda. Certamente você já ouviu essa frase de alguém. Geralmente de alguém que vive entocado dentro da empresa como um sentinela, vigiando tudo, acompanhando todos os processos.

Chamando a responsabilidade para si o tempo todo e de tudo reclamando.

Essas pessoas, em nome da responsabilidade, perdem fins de semana, o convívio com a família, com os amigos e outros momentos importantes porque estão muito ocupadas com a empresa, que na sua concepção não dá um passo sem que tenha sua participação, decisão e controle.

É fato que as pessoas que têm esse perfil, se dedicam realmente às empresas das quais são proprietárias, sócias ou dedicados colaboradores.

É importante destacar que elas conseguem resultados sim, mas tropeçam demais nos próprios passos. Muitas vezes, em nome da perfeição, toda e qualquer ação que outra pessoa faça dentro da empresa é motivo de crítica e isso vai gerando uma série de problemas que tornam o ambiente de trabalho um caos perceptível não apenas pelos parceiros de trabalho, mas também pelos clientes.

Essa dedicação exagerada e visão de perfeição exacerbada que a pessoa tem de si, criam conflitos em série, trazendo para o ambiente de trabalho situações de desconfortos.

Essas pessoas sofrem, porque desejam sempre e ardentemente que todas as suas ordens e decisões sejam seguidas ao seu modo e esquecem dos bons modos de convivência para envolver os colaboradores para desempenhar suas funções e tarefas de forma produtiva
.
O problema tende a se agravar, porque pessoas que são portadoras desse perfil profissional não conseguem enxergar que seus exageros na concentração de responsabilidade causam danos ao ambiente de trabalho e prejuízos às empresas.

Quando a pessoa em questão é um colaborador, os proprietários das empresas têm a responsabilidade de perceber que mudanças corretivas são necessárias, o que pode ser resolvido com uma sincera conversa. Mas quando o proprietário da empresa é a pessoa dona desse perfil, o problema é bem maior.

É claro que as responsabilidades dos empresários, dos gerentes e dos colaboradores devem ser cumpridas com zelo e no capricho. Dessas responsabilidades dependem o sucesso ou fracasso das empresas.

No entanto é importante destacar que as empresas são criadas para serem operadas por pessoas que tem suas particularidades. Criar um ambiente de trabalho onde as relações interpessoais ganhem fluidez e incentive ações colaborativas é o ideal para todas as empresas.

Essas pessoas extremosamente zelosas só percebem que as empresas sobrevivem, e às vezes, muito bem sem suas presenças, quando adoecem, ou quando, por alguma outra circunstância, necessitam se ausentar do ambiente de trabalho.

Se esse perfil concentrador lhe persegue, comece a observar a relevância das outras pessoas para o funcionamento da empresa. Certamente perceberás qualidades nunca vistas nos demais colaboradores que impulsionam os negócios.

O ideal é que as equipes das empresas sejam tem bem formadas e colaborativas que sua ausência não implique em nenhum prejuízo. Veja sua empresa de dentro, mas, a veja também de fora. Observe como seus colaboradores trabalham e entenda que a empresa precisa sobreviver e que você precisa viver. A partir de uma visão renovada, certamente logo perceberás que a família e os amigos existem, que o mundo é lindo e que há vida lá fora.

Acredite: Sua empresa precisa de você bem e sua equipe necessita de uma pessoa inspiradora. Tenha confiança em você e na sua equipe. Entenda que sua empresa anda também sem você.

(Marcos Filho)

AECambuí | CDL - Associação Empresarial de Cambuí
Agência WebSide