AECambuí | CDL
Associação Empresarial de Cambuí






QUEM SOMOS | SERVIÇOS | ASSOCIADOS | PROFISSIONAL AUTÔNOMO | EMERGÊNCIA CAMBUÍ | CONTATO
Ligue para AECambui » (35) 3431-3046
» Revista "O Empresário"
» Banco de Currículo
» Últimas Notícias
» A legislação e o empresário
» Auto-Ajuda
» Comportamento
» comunicação
» Conselhos Úteis
» Finanças ao seu alcance
» Jurisprudência
» Momento Empresarial
» Tipos de Consultas SCPC
» Vida saudável
» Turismo
» Fotos da Cidade
» Fotos dos Cursos
» Memória Viva





VOLTAR
Comportamento



Publicado em: 13/10/2015


Hoje quero te apresentar um modelo de estrutura dos níveis neurologicos, você pode utilizar para atuar no seu desenvolvimento e avançar em mudanças que muitas vezes não avançam como você espera. Este modelo foi proposto por Robert Dilts, um dos maiores mestres da PNL. Quando subimos a piramide estamos promovendo mudanças mais profundas e duradouras. Pensando nisso o processo de coaching pode ser remediativo, generativo ou evolutivo, dependendo do nível em que o cliente (coachee) se encontra.

Neste post vamos explorar cada nível, vou te explicar o que ocorre em cada estágio com você e como é o papel do coach em cada escalada.

A medida de caminharmos responda as questões sugeridas para trazer à tona recursos para seu processo de mudança e crescimento.

Vamos aos níveis:

Primeiro Nível: Ambiente (Limites e Oportunidades)

O nível do ambiente faz parte do Coaching Remediativo. Este nível refere-se ao ambiente externo no qual o você age, por exemplo, o local de trabalho ou convivência, que o influencia e é influenciado por você. Neste nível você acessa aquilo que está disponível no ambiente, e nas suas relações, ou seja, as primeiras informações e o meio em qual está inserido, percepção das oportunidades e dos seus limites na vida.

Você precisa encontrar respostas para as perguntas: “Onde?” “Quando?” e “Com quem”.

- Quando você está mais contente?

- Com quem você trabalha melhor?

- Onde você se sente melhor?

O tipo de liderança ideal para esta fase é o gerenciamento por exceção.

Segundo Nível: Comportamento (Ação e Reação)

O segundo nível também faz parte do processo remediativo do Coaching. O nível comportamento se refere às suas ações e reações através da sua percepção nos diferentes ambientes inseridos.

O Coach atua como treinador, dando dicas o que pode ser feito com o contexto inicial e as informações extraídas no primeiro nível, trabalha-se na aquisição do hábito de sonhar, através da “Tela Mental Positiva – PMP”, é a capacidade de “ver” na mente uma cena, ou de elaborar um cenário a partir dos sentidos internos, com objetivo de obter o sucesso desejado.

Aqui você encontra a respostas para a pergunta: “O quê?”.

O tipo de liderança ideal é o estímulo por recompensa.

Responda às questões:

- O que você precisa fazer de maneira diferente?

- O que você está fazendo em relação a uma situação específica?

- O que não está fazendo?

Terceiro Nível: Capacidades e Habilidades (Direção Estratégia)

O terceiro nível faz parte do processo do Coaching Generativo. Este nível refere-se às suas competências e habilidades que estão relacionadas com a aplicação dos seus conhecimentos e com a sua capacidade de pensar estrategicamente para promover atitudes.

A PNL tem a premissa que as habilidades são aprendidas, qualquer coisa é possível, se levada aos poucos. Até mesmo as atitudes podem ser aprendidas e modificadas assim que deseje o conhecimento e a oportunidade para aprender. A pergunta principal para você responder é “Como posso fazer isso?”. A abordagem da PNL é que, pela modelagem dos outros e reprogramando a sua, você se torne aberto a operar as mudanças e desenvolver suas próprias capacidades.

Esta etapa aumenta a percepção da direção e da estratégia no processo evolutivo e de alto desempenho.

Neste nível o coach atua como professor ou /consultor e o tipo de liderança ideal é o estímulo intelectual.

Responda às questões:

- Quais as novas habilidades que você precisa desenvolver?

- Como você usa as suas habilidades e talentos?



Quarto Nível: Crenças e Valores (Permissão Motivação)

O quarto nível forma junto com o terceiro nível o processo do Coaching Generativo.

As crenças e os valores são os princípios que norteiam as suas ações, neste nível estão às respostas para “O por quê?” e “O que?”. As crenças e os valores conduzem e influenciam os níveis mais abaixo: capacidade, comportamento e ambiente.

As pessoas fazem as coisas de determinada maneira porque possuem as suas crenças que guiam as suas vidas e as suas atitudes. Os valores são os princípios que estão por trás de suas atitudes. Por causa dos valores agimos de uma ou outra forma.

Neste nível, o coach atua como mentor e o coachee é desafiado a reconhecer crenças limitantes que norteiam sua vida. Reconhecê-las e ressignificá-las permitirá desenvolver o processo de evolução com mais consciência e congruência.

O tipo de liderança ideal é inspiracional.

Responda às questões:

- O que é importante para você?

- O que você defende como verdadeiro?

- O que você assume que pode estar te bloqueando?

Quinto Nível: Identidade (Missão / Senso do EU)

Neste nível inicia o processo do Coaching Evolutivo. Este nível é o nível do EU, descreve o senso de “Quem Sou?”. A identidade é relacionada à sua missão de vida, da essência da sua vida e o sentido que atribui a si mesmo e ao seu papel no mundo.

Neste nível acontecem as maiores transformações conscientes e inconscientes. Aqui o Coach atua como patrocinador, oferecendo todos os caminhos possíveis e ações que se adaptam a identidade do Coachee sempre com foco no positivo. O tipo de liderança ideal é a consideração individualizada.

Responda às questões:

- Quem é você nesta situação específica?

- Quem você irá se tornar?

- Como você descreve a si mesmo?

Sexto Nível: Afiliação (Eu e o grupo / Pertencimento)

Este nível da Afiliação dá continuidade no processo de Coaching Evolutivo.

Ocorre sua conexão com os grupos aos quais pertence, ou seja, a sensação de pertencimento, os relacionamentos interpessoais nos diversos âmbitos, como família, trabalho, igreja, amigos, dentre outros.

A principal questão a ser respondida por você é “Com Quem?”, que se desdobram em:

- “Qual meu papel na minha equipe?”

- “O quanto eu sou importante em determinado grupo?” “A que grupos pertenço?”

- “O quanto eu participo/me sinto parte da vida deles?”.

Aqui, o coach faz o papel de aglutinador, fornecendo o apoio e suporte ao coachee para uma melhor compreensão de si e do outro, e no reconhecimento dos limites saudáveis dessas relações.

O tipo de liderança ideal é a colaborativa.

Sétimo Nível: LEGADO (VISÃO / Espiritualidade)

O nível do Legado ou da Espiritualidade faz parte do processo Evolutivo do Coaching, onde você encontra sua “identidade superior”. Este nível relaciona-se com seu propósito, sua ética, missão e sentido na vida.

As questões principais que norteiam esta fase do processo evolutivo são:

- “Quais são as minhas forças pessoais que posso acrescentar e tornar o mundo melhor?”

- “Qual minha contribuição na sociedade onde vivo?”

- “Qual minha relação com o universo que me cerca?”

- “Qual o meu propósito?”

- Qual o meu legado?”

- “Em que momento eu fiz a diferença neste mundo?”.

O coach adota o “Self Empowerment”, todos os papeis e técnicas adequadas no momento certo, compartilhando a reflexão da missão, convidando a pertencer a diferentes sistemas e contribui para o empoderamento do EU do seu Coachee.

O tipo de liderança ideal é a carismática e visionária.

Conclusão

Após a exploração de todos os níveis quando se deparar com alguma dúvida e dificuldade, quando precisar de maior clareza adote este modelo, identifique em que nível está e responda às questões abaixo:

- Como esta determinada situação se conecta com o todo?

- Como minha experiência se conecta com as outras áreas de minha vida - ou a vida dos outros.(Maria Angélica)


notícias da mídia Notícias pesquisadas em jornais e sites.

AECambuí | CDL - Associação Empresarial de Cambuí
Agência WebSide