AECambuí | CDL
Associação Empresarial de Cambuí






QUEM SOMOS | SERVIÇOS | ASSOCIADOS | PROFISSIONAL AUTÔNOMO | EMERGÊNCIA CAMBUÍ | CONTATO
Ligue para AECambui » (35) 3431-3046
» Revista "O Empresário"
» Banco de Currículo
» Últimas Notícias
» A legislação e o empresário
» Auto-Ajuda
» Comportamento
» comunicação
» Conselhos Úteis
» Finanças ao seu alcance
» Jurisprudência
» Momento Empresarial
» Tipos de Consultas SCPC
» Vida saudável
» Turismo
» Fotos da Cidade
» Fotos dos Cursos
» Memória Viva


VOLTAR
Comportamento



Publicado em: 12/09/2018

Quando você convive com uma condição de saúde mental como a ansiedade, isso pode se tornar o seu novo estado "frequente". Tanto é que as pessoas talvez nem percebam que algumas das coisas que você faz rotineiramente se devem, sobretudo, à sua ansiedade.

Talvez você magoe outras pessoas, sem querer, por evitar situações sociais que lhe provocam ansiedade. Talvez, para acalmar sua ansiedade interna, você roa as unhas ou arranque o esmalte delas. Ou então você se irrita e grita com outras pessoas, e aquilo que parece ser raiva é na realidade sua ansiedade se manifestando.

Seja qual for sua situação, a ansiedade frequentemente se "esconde", e é importante saber quais sinais procurar. Pedimos aos membros de nossa comunidade Mighty que compartilhassem uma coisa que as outras pessoas não percebem que elas fazem pelo fato de a ansiedade ser seu estado "normal".

Eis o que nossa comunidade compartilhou conosco:

1. "Fico sentada em grupos, ouço e observo tudo e todos, mas mantenho silêncio e raramente contribuo alguma coisa para a discussão. Algumas pessoas acham que isso é ser mal-educada, esnobe ou antissocial. Mas é apenas ansiedade, nada mais." — Allison M.

2. "Massageio minhas têmporas. Muitas pessoas pensam que é um hábito ou é porque eu esteja com dor de cabeça, mas na verdade isso é algo que faço quando meus pensamentos começam a se descontrolar e sinto um ataque de pânico chegando." — Chase C.

3. "Um dos meus maiores problemas sociais provocados pela ansiedade é não fazer contato olho a olho com os outros. As pessoas pensam que estou sendo grosseira ou não estou prestando atenção a elas, mas na verdade é uma manifestação da minha ansiedade. Não consigo ouvir enquanto estou olhando outra pessoa nos olhos – fico ansiosa demais para saber o que elas veem quando olham para mim." — Kristy H.

4. "Começo a agir como chata. As pessoas me dizem muitas vezes que eu intimido os outros, apesar de não ser essa minha intenção. É só um olhar que eu dou. Não quero parecer fria ou ríspida, só não quero ter um milhão de pensamentos correndo pela minha cabeça ao mesmo tempo, sem saber como acalmá-los." — Jessica H.

5. "Fico mexendo nos meus lábios, arrancando a pelinha superficial deles. Faço isso sempre que estou ansiosa, mesmo que apenas de leve. Às vezes só meu dou conta quanto meus lábios começam a sangrar." — Rebekah B.

6. "Fico sacudindo minha perna. Parece que isso deixa todo o mundo irritado. As pessoas pedem para eu parar, mas não entendem que eu literalmente não consigo me controlar. É por causa de minha ansiedade." — Madison B.

7. "Eu uso muitas camadas de roupa, independentemente da época do ano, porque a ansiedade me leva a ou transpirar ou sentir calafrios todos os dias. No verão, meus colegas de trabalho acham que sou 'maluca' porque fico de moletom, mas sinto que tenho literalmente zero controle sobre a temperatura do meu corpo." — Melissa P.

8. "Eu fico alheia a todo mundo. Meus colegas de trabalho, especialmente, me perguntam se está tudo bem comigo. Sempre respondo, 'tudo bem, só estou cansada'. Mas na realidade, quando as coisas ficam demais para mim, eu tendo a simplesmente mergulhar em mim mesma e me isolar dos outros." — Breanna H.

9. "Ficar falando sem parar! Quando estou em um lugar público e estou ansiosa, fico falando, falando, falando incessantemente. Meus pais sempre diziam que eu era espevitada. Mas na realidade sou uma pessoa gentil, só que por dentro estou super ansiosa." — Reba E.

10. "Não consigo parar de fazer o que estou fazendo. Se eu estiver trabalhando em cima de uma coisa, não consigo interromper e voltar para continuar mais tarde. Tenho que chegar a um ponto apropriado para parar ou terminar a coisa completamente. Só assim vou conseguir começar a fazer outra coisa." — Maggie B.

11. "Eu prendo a respiração quando estou em lugares com muitas pessoas. Já fui flagrada fazendo isso por muitas pessoas, incluindo minha mãe, que age como se eu fosse 'maluca'. Mas é a única maneira de evitar um ataque de pânico." — Shannon M.

12. "Quando estou em grupos grandes ou reuniões, fico ao telefone o tempo todo. Mandando mensagens aos meus amigos para dizer o quanto estou ansiosa." — Laci L.

13. "É só alguém me fazer uma pergunta que eu me coloco na defensiva." — Harley A.

14. "Outro dia meu chefe chamou minha atenção por reagir mal quando falam comigo. Fico super ansiosa e obsessiva com projetos em que estou trabalhando. Quando outras pessoas vêm me perguntar alguma coisa no meio de uma tarefa, isso me atrapalha completamente." — Brianna D.

15. "Acordo com enjoo todo dia ou fico enjoada sempre que saio de casa. Hoje em dia, sentir enjoo é normal para mim." — Christina P.

16. "Não posso ficar longe do meu protetor labial Burt's Bees. O perfume dele e o ato de aplicar o protetor me acalmam, e o tubinho é perfeito para ficar mexendo com ele para extravar minha energia ansiosa." — Sarah S.




notícias da mídia Notícias pesquisadas em jornais e sites.

AECambuí | CDL - Associação Empresarial de Cambuí
Agência WebSide