AECambuí | CDL
Associação Empresarial de Cambuí






QUEM SOMOS | SERVIÇOS | ASSOCIADOS | PROFISSIONAL AUTÔNOMO | EMERGÊNCIA CAMBUÍ | CONTATO
Ligue para AECambui » (35) 3431-3046
» Revista "O Empresário"
» Banco de Currículo
» Últimas Notícias
» A legislação e o empresário
» Auto-Ajuda
» Comportamento
» comunicação
» Conselhos Úteis
» Finanças ao seu alcance
» Jurisprudência
» Momento Empresarial
» Tipos de Consultas SCPC
» Vida saudável
» Turismo
» Fotos da Cidade
» Fotos dos Cursos
» Memória Viva





VOLTAR
Comportamento



Publicado em: 15/05/2017

O FATOR ‘GEOGRÁFICO’

Até há alguns anos, quando um gestor “ganhava” um escritório era um sinal de reconhecimento que reforçava seu status dentro da companhia. Mas isso está mudando nos atuais ambientes colaborativos. Em empresas como Coca-Cola, Ikea ou Facebook não é estranho ver os dirigentes sentados ao lado dos funcionários da base.

“Isolar-se em um escritório não faz com que tomem melhores decisões. Estar fisicamente perto da equipe permite que os dirigentes tenham acesso direto à informação e às pessoas e melhora o trabalho colaborativo”, destaca Alejandro Pociña, presidente da Steelcase.

Pociña reforça que os escritórios podem agir como “uma barreira não intencional que mina a troca livre e fluida de ideias”. O ideal, resume, “é que a empresa conte com uma diversidade de espaços que se adeque às funções e necessidades de cada departamento e não da hierarquia”.


notícias da mídia Notícias pesquisadas em jornais e sites.

AECambuí | CDL - Associação Empresarial de Cambuí
Agência WebSide