AECambuí | CDL
Associação Empresarial de Cambuí






QUEM SOMOS | SERVIÇOS | ASSOCIADOS | PROFISSIONAL AUTÔNOMO | EMERGÊNCIA CAMBUÍ | CONTATO
Ligue para AECambui » (35) 3431-3046
» Revista "O Empresário"
» Banco de Currículo
» Últimas Notícias
» A legislação e o empresário
» Auto-Ajuda
» Comportamento
» comunicação
» Conselhos Úteis
» Finanças ao seu alcance
» Jurisprudência
» Momento Empresarial
» Tipos de Consultas SCPC
» Vida saudável
» Turismo
» Fotos da Cidade
» Fotos dos Cursos
» Memória Viva





VOLTAR
Comportamento



Publicado em: 09/08/2016

Está chegando o Dia dos Pais. Um dia alegre para alguns e triste para outros.

Quem tem um pai presente em todos os sentidos tem muitos motivos para comemorar. Mas para outros é um dia triste pois o pai está ausente seja porque foi embora dessa vida ou porque nunca foi presente na vida dos filhos.

É um bom dia para refletirmos o que faz um homem ser um bom pai e esses 5 Ps podemos no ajudar a chegar em uma definição:

1-) Provedor: o primeiro e principal papel de um pai é ser provedor. Ainda na gestação o pai deve prover a futura mamãe de todos os cuidados para que nada falte a seu filho. Depois um pai deve prover o seu filho de todas as necessidades básicas como segurança, moradia, alimentação, vestuário, saúde e educação.

Para ser um bom pai não é necessário que o seu filho tenha coisas caras de marca para ostentar, é necessário apenas que o básico não falte.

2-) Proteção: um bom pai deve sempre proteger seu filho seja do mau tempo e do frio agasalhando, seja da má alimentação cuidando para que tenha uma alimentação saudável, seja das más companhias, enfim um bom pai deve estar sempre presente para proteger o seu filho.

3-) Paciência: para ser um bom pai é preciso paciência, cuidado, disposição, seja para trocar fraldas, colocar para dormir, contar histórias, ajudar na lição de casa, ensinar o que pode e o que não pode fazer. É através da paciência do pai que o filho sente o amor que o pai tem por ele. Um filho é para vida toda e é preciso muito cuidado e paciência.

4-) Prudência: um bom pai deve ser prudente na criação de seu filho sabendo que algumas coisas são aceitáveis e outras não. Tudo é permitido mas nem tudo nos convém. Devemos ter cuidado e cuidar de nossas crianças. Limitar o uso de celular e internet. Vigiar as amizades. Ensinar o respeito, a honestidade, a disciplina. É preciso prudência para saber a hora certa de todas as coisas, a hora de acalentar, de dar colo e a hora de disciplinar, de cobrar, de colocar limites, de exigir.

5-) Passar bons exemplos: Um bom pai se observa constantemente para ver se está passando bons exemplos para seus filhos. Não adianta dizer para não ficar no celular e não desgrudar um minuto do aparelho, não adianta dizer para não usar drogas e gastar todo dinheiro em cerveja, cigarros, enfim, tudo o que quiser que seu filho faça você deve fazer primeiro.

Se um dia o filho vir o pai mentindo por exemplo nunca esse pai vai poder exigir a verdade e a honestidade do filho. Comentar com o filho apenas sobre bons exemplos, sobre o que outras pessoas fizeram de bom e de bem, é importante elogiar sempre a boa ação seja de seu filho ou de qualquer outra pessoa. O olhar deve estar sempre para o que é bom para que tudo o que não for do bem perca sua força e importância.

Ser pai é um dos maiores papéis que um homem tem na vida e um Pai com P maiúsculo, um Pai presente, um Pai que executa com amor o seu papel é a maior referência que um ser humano tem na vida. A figura de um pai deve sempre transmitir amor, respeito, segurança e bons exemplos.

A todos os Pais que entendem e tentam fazer sempre melhor o seu papel a minha admiração e meus Parabéns! Um feliz Dia dos Pais!
(Lucilene Antunes)




notícias da mídia Notícias pesquisadas em jornais e sites.

AECambuí | CDL - Associação Empresarial de Cambuí
Agência WebSide