AECambuí | CDL
Associação Empresarial de Cambuí






QUEM SOMOS | SERVIÇOS | ASSOCIADOS | PROFISSIONAL AUTÔNOMO | EMERGÊNCIA CAMBUÍ | CONTATO
Ligue para AECambui » (35) 3431-3046
» Revista "O Empresário"
» Banco de Currículo
» Últimas Notícias
» A legislação e o empresário
» Auto-Ajuda
» Comportamento
» comunicação
» Conselhos Úteis
» Finanças ao seu alcance
» Jurisprudência
» Momento Empresarial
» Tipos de Consultas SCPC
» Vida saudável
» Turismo
» Fotos da Cidade
» Fotos dos Cursos
» Memória Viva





VOLTAR
Comportamento



Publicado em: 17/12/2015

A palavra “celebridade” normalmente aparece estampada nas capas de revistas e tablóides para designar estrelas do cinema e da música, mas ela também pode surgir no ambiente de trabalho. No entanto, será que isso é bom para a carreira profissional?

O termo celebridade não é muito antigo. Originou-se de uma análise do teorista social Daniel J. Boorstin, publicada em 1961. O estudioso escreveu sobre um mundo dominado pela mídia e definiu celebridade como “uma pessoa que é conhecida por ser bem conhecida”.

O conceito de fama também não existe há muito mais tempo que o de celebridade. No entanto, fama tem uma conotação totalmente diferente. Pessoas tornam-se famosas por fazerem algo – não apenas por serem conhecidas


Com toda a atenção que o mundo corporativo tem dado para a promoção e para a marca pessoal, a linha entre fama e celebridade tem se tornado muito tênue. Muitas pessoas, especialmente agora com as redes sociais, podem perder a noção de que reconhecimento deve vir por uma razão.

Ser uma celebridade no trabalho é ruim. Ser famoso é ótimo

Enquanto o status de celebridade é frio e vazio, a fama tem grande valor. E não apenas por gerar oportunidades de relações públicas ou ganhar uma reputação. Não importa por qual motivo uma pessoa é reconhecida, ela repetirá a boa ação. Pessoas elogiadas reproduzem seus bons comportamentos e até o amplificam. Assim, tornam-se reconhecidas por seu talento, tenacidade ou perspectiva – e querem ser cada vez mais notadas por suas qualidades, até se tornarem famosas no trabalho.

Pesquisas revelam que o que funcionários mais querem no ambiente de trabalho é reconhecimento. Um estudo do instituto O.C. Tanner (especializado em análises do comportamentos nas empresas) perguntou para mil funcionários o que seria necessário para que eles produzissem trabalhos melhores. Apenas 7% respondeu com “mais dinheiro”, enquanto 37% respondeu “reconhecimento”.

A questão que fica é como tornar-se famoso por seu trabalho. O primeiro passo é focar em suas atividades e não em si próprio. Por mais que queiramos pensar que somos reconhecidos por quem somos, na verdade o que as pessoas enxergam é o que fazemos. Além disso, é preciso saber para quem se entrega o trabalho. O chefe não é a única pessoa que vai estar em contato com aquilo que o funcionário produziu. Se preocupar também com os clientes e seu conforto, por exemplo, é uma forma de ter seu trabalho reconhecido por mais gente.

Por último, é preciso ter em mente que, se permitirmos, a fama vai embora. Se quiser ser reconhecido por algo, faça isso várias vezes. Claro que nem toda tentativa terá o mesmo sucesso, mas se continuar focado na evolução e nas necessidades das pessoas que recebem seu trabalho, eventualmente você saberá como criar sua segunda, terceira e quarta vitórias.


notícias da mídia Notícias pesquisadas em jornais e sites.

AECambuí | CDL - Associação Empresarial de Cambuí
Agência WebSide