AECambuí | CDL
Associação Empresarial de Cambuí






QUEM SOMOS | SERVIÇOS | ASSOCIADOS | PROFISSIONAL AUTÔNOMO | EMERGÊNCIA CAMBUÍ | CONTATO
Ligue para AECambui » (35) 3431-3046
» Revista "O Empresário"
» Banco de Currículo
» Últimas Notícias
» A legislação e o empresário
» Auto-Ajuda
» Comportamento
» comunicação
» Conselhos Úteis
» Finanças ao seu alcance
» Jurisprudência
» Momento Empresarial
» Tipos de Consultas SCPC
» Vida saudável
» Turismo
» Fotos da Cidade
» Fotos dos Cursos
» Memória Viva





VOLTAR
comunicação



Publicado em: 15/07/2015

Parece simples, afinal, a razão de ser de toda organização é atender clientes, pois são eles que trazem o capital para a empresa. Mas, infelizmente, muitos gestores não perceberam esta máxima, e continuam tratando seus clientes como um recurso dispensável; o que pode acarretar danos incomensuráveis para a empresa, quiçá, fazê-la fechar as portas em pouco tempo.

Pode parecer um pouco assustador, mas em época de crise e concorrência acirrada, este fato tem sido mais que comum na maioria das empresas. Segundo pesquisa da Pepper & Roger Group, cerca de 60% dos clientes deixam de comprar em determinado lugar por problemas com mau atendimento. Assim, vale ressaltar 7 passos para uma boa comunicação e encantamento de seus clientes:

1º) Muito importante é ser rápido e solícito com o cliente. Para isto, é preciso ouvir atentamente, para então compreender suas necessidades e oferecer a ele a melhor solução.

2º) Para conseguir atender bem, é preciso conhecer profundamente os detalhes do produto ou serviço que deseja vender. Como convencer o cliente de que seu produto é o melhor se você não tiver propriedade e acreditar nele?

3º) Extremamente importante: Só prometa prazos de entrega se puder cumprir. Se possível, entregue pouco antes do combinado (caso perceba a necessidade de urgência do cliente), e surpreenda as expectativas dele.

4º) Todo cliente chega a você com uma necessidade e, muitas vezes, falta de tempo. Não tente enrolar ou mostrar outros produtos que ele não deseja. Caso seja um cliente com mais tempo, aguarde que ele decida, não demonstre inquietude pela demora na compra.

5º) Nunca deixe o cliente esperando. Se ele vier até você, deixe a conversa com o colega de lado. Se o problema que o trouxe for demorado para resolver, explique o porquê da demora;

6º) Na era da internet e da comunicação rápida, muitos acreditam que falar corretamente o idioma é dispensável. Mas a verdade é que todos prestam atenção nas ofensas cometidas à gramática. Evite erros grosseiros de linguagem, seja no atendimento pessoal, seja por telefone.

7º) Por fim, mas não menos importante, deve-se prestar atenção aos valores dos produtos a serem oferecidos aos clientes. Se o cliente sentir que o vendedor está tentando tirar alguma vantagem, concretizar a venda ficará muito mais difícil.

Boa sorte! Boas vendas!

(Vanessa Medeiros)


notícias da mídia Notícias veiculadas na mídia impressa

AECambuí | CDL - Associação Empresarial de Cambuí
Agência WebSide