AECambuí | CDL
Associação Empresarial de Cambuí






QUEM SOMOS | SERVIÇOS | ASSOCIADOS | PROFISSIONAL AUTÔNOMO | EMERGÊNCIA CAMBUÍ | CONTATO
Ligue para AECambui » (35) 3431-3046
» Revista "O Empresário"
» Banco de Currículo
» Últimas Notícias
» A legislação e o empresário
» Auto-Ajuda
» Comportamento
» comunicação
» Conselhos Úteis
» Finanças ao seu alcance
» Jurisprudência
» Momento Empresarial
» Tipos de Consultas SCPC
» Vida saudável
» Turismo
» Fotos da Cidade
» Fotos dos Cursos
» Memória Viva





VOLTAR
comunicação



Publicado em: 28/03/2017

O aplicativo de mensagens instantâneas WhatsApp está testando a função que permite deletar e editar mensagens depois de enviadas. Com isso, o usuário terá até 2 minutos após o envio para se arrepender e suspender a mensagem.

O aplicativo já trabalhava numa versão experimental da ferramenta. Nela, o tempo limite para isso era de 29 minutos. A versão experimental permitia deletar mensagens, mas deixando um rastro: o receptor da mensagem deletada recebia um aviso “o remetente revogou a mensagem”.

Na versão anterior do aplicativo, a ferramenta “apagar” só servia para deletar a mensagem na sua própria tela, enquanto os outros usuários continuavam podendo visualizar as mensagens, imagens, vídeos ou áudios. Depois de enviar algo comprometedor na conversa errada, por exemplo, ou simplesmente se arrepender de uma mensagem, não havia como voltar atrás.

A mudança dividiu a opinião dos usuários. Uma enquete no Twitter, com 827 participantes, teve 51% satisfeitos com o tempo de 2 minutos, contra 49% que preferiam meia hora.

Resumindo, dá para se arrepender, mas é preciso ser veloz. Caso contrário…




notícias da mídia Notícias veiculadas na mídia impressa

AECambuí | CDL - Associação Empresarial de Cambuí
Agência WebSide