AECambuí | CDL
Associação Empresarial de Cambuí






QUEM SOMOS | SERVIÇOS | ASSOCIADOS | PROFISSIONAL AUTÔNOMO | EMERGÊNCIA CAMBUÍ | CONTATO
Ligue para AECambui » (35) 3431-3046
» Revista "O Empresário"
» Banco de Currículo
» Últimas Notícias
» A legislação e o empresário
» Auto-Ajuda
» Comportamento
» comunicação
» Conselhos Úteis
» Finanças ao seu alcance
» Jurisprudência
» Momento Empresarial
» Tipos de Consultas SCPC
» Vida saudável
» Turismo
» Fotos da Cidade
» Fotos dos Cursos
» Memória Viva





VOLTAR
Finanças ao seu alcance



Publicado em: 20/04/2016

Muita gente imagina que para ganhar dinheiro com aplicações financeiras é preciso ser um expert no assunto. Para o alívio de novos investidores, na verdade, qualquer um pode começar a investir e basta um mínimo de conhecimento e dedicação para realizar a tarefa.

Os investimentos são o ponto de partida para a realização de sonhos, como a compra da casa própria e a realização de uma pós-graduação no exterior, por exemplo. Especialistas dizem que ser disciplinado é mais importante do que correr o tempo inteiro atrás de ótimas rentabilidades.

Com as dicas da educadora financeira Cássia D’Aquino e do professor William Eid, coordenador do Centro de Estudos em Finanças da Fundação Getúlio Vargas (FGV), confira em cinco passos o que é preciso fazer para estrear nesse ramo e quais investimentos são mais fáceis para iniciantes.

1. Quite suas dívidas

Parece óbvio, mas eliminar as dívidas é um dos segredos para começar a investir. Não vale ter dívidas no cheque especial para iniciar essa jornada, nem usar o dinheiro investido se você perder o emprego ou tiver um problema de saúde inesperado. É preciso ter uma reserva de emergência à parte, que deve também estar investida em aplicações financeiras, para então pensar em ganhar dinheiro com novos investimentos.

2. Defina um objetivo

Fica mais fácil poupar e resistir às tentações quando se tem um objetivo, como comprar um carro, pagar o mestrado ou viajar nas férias. Também é útil determinar um prazo para o objetivo ser realizado. A partir daí, é só calcular quanto o sonho vai custar e quanto tempo vai demorar para que ele se concretize, conforme a rentabilidade da aplicação escolhida e o valor mensal que é possível depositar. Nos sites de bancos e corretoras independentes, há calculadoras que ajudam nessa tarefa.

3. Compare as taxas

Taxas de rentabilidade e de administração podem variar bastante de um banco para outro. Pesquisar exige paciência, mas é melhor dedicar um pouco do seu tempo a isso do que perceber lá adiante que você poderia ter ganhado mais dinheiro.

4. Acompanhe a rentabilidade

Em aplicações simples de renda fixa, como as que serão mencionadas a seguir, o investidor não precisa desenvolver uma gastrite para acompanhar os rendimentos diariamente.

Ao revisar os investimentos uma vez por mês já é possível checar se a sua estratégia continua fazendo sentido e se as aplicações têm ficado em linha com a taxa básica de juros da economia, Selic, que é usada como referência para determinar o rendimento das principais aplicações de renda fixa do mercado.

5. Escolha investimentos mais simples

Caderneta de poupança, fundos simples, Tesouro Selic e CDBs são os investimentos menos complicados para quem está começando. Veja a seguir suas principais características.

Caderneta de poupança

Apesar de ser a aplicação mais popular, seu rendimento é inferior ao de outros investimentos tão simples quanto ela. Nos últimos 12 meses encerrados em março, a caderneta rendeu apenas 8,17%, segundo a Calculadora do Cidadão do Banco Central, bem abaixo da inflação medida pelo IPCA, que subiu 9,39% no mesmo período.

Sua principal vantagem é a isenção do Imposto de Renda. Como outros investimentos de renda fixa costumam ser tributados pela tabela regressiva do IR - cujas alíquotas variam entre 22,5% a 15%, de acordo com o prazo -, em até seis meses, quando o IR é o maior possível, de 22,5%, a poupança pode até ser mais ligeiramete mais rentável, mas em prazos maiores outras aplicações serão mais vantajosos.


mídia notícias da mídia

AECambuí | CDL - Associação Empresarial de Cambuí
Agência WebSide