AECambuí | CDL
Associação Empresarial de Cambuí






QUEM SOMOS | SERVIÇOS | ASSOCIADOS | PROFISSIONAL AUTÔNOMO | EMERGÊNCIA CAMBUÍ | CONTATO
Ligue para AECambui » (35) 3431-3046
» Revista "O Empresário"
» Banco de Currículo
» Últimas Notícias
» A legislação e o empresário
» Auto-Ajuda
» Comportamento
» comunicação
» Conselhos Úteis
» Finanças ao seu alcance
» Jurisprudência
» Momento Empresarial
» Tipos de Consultas SCPC
» Vida saudável
» Turismo
» Fotos da Cidade
» Fotos dos Cursos
» Memória Viva





VOLTAR
Conselhos Úteis



Publicado em: 30/03/2013

William Frossard é Professor e Coordenador de um dos cursos de Pós-graduação em Prótese Dentária mais concorridos do Brasil: o da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj). Possui artigos publicados na área e é ministrador nacional e internacional. Com duas clínicas no Rio, o especialista oferece um trabalho de excelência para quem quer um sorriso bonito e saudável. Ele fala sobre medidas simples para o dia a dia e a tecnologia a favor de um belo sorriso:


1
Dentes envelhecem

“Com o passar do tempo, os dentes se desgastam naturalmente. E assim como na medicina estética, a odontologia atual tem vários recursos (materiais e técnicas) para digamos assim, realizar o rejuvenescimento do sorriso.”

2
Fórmulas mágicas

“Pastas de dentes clareadoras, medicamentos clareadores vendidos no supermercado e usados sem orientação profissional podem ser mais prejudiciais do que o benefício que trazem. Esqueça as pastas que curam a gengivite! Se você está com essa doença, procure um profissional.”

3
Escovação

“O número de vezes que se escova os dentes, não substitui a qualidade da escovação. O ideal é que seja feito em local com boa iluminação e em frente o espelho. Peça orientação do seu dentista. Parece tão simples, mas muita gente escova os dentes de maneira errada.”

4
Pasta de dente ideal

“São tantas opções que muitas vezes as pessoas ficam perdidas sem saber o que escolher. Os custos das pastas dentais estão muito mais associados ao marketing do que na sua real eficácia. A pasta é um veículo que proporciona prazer, sensação de bom hálito, mas o mais importante é o atrito da escova sobre os dentes. Importante fazer um rodízio das marcas escolhendo sempre as que contêm flúor.”

5
Melhor escova

“Como nos caso das escovas a variedade é grande. Na hora de comprar não economize numa boa marca. Cerdas duras e de menor qualidade podem machucar a gengiva. Escolha a que você mais gostar. Uma dica: escova com cabeça pequena, arredondada ecom cerdas macias são mais eficazes para alcançar os dentes no fundo da boca. Escovas elétricas são eficazes para pessoas que não apresentam boa destreza manual. No mais, dois a três meses é o tempo que elas duram. Depois disso é hora de trocar!”

6
Periodicidade

“Não necessariamente! O acompanhamento tem que ser personalizado, planejado caso a caso pelo seu dentista. É importante frisar que o tratamento mais moderno que existe em Odontologia é a prevenção. Não existe melhor material e melhor técnica que substitua o dente saudável!”

7
Fumo, um grande inimigo!

“A sensação de prazer que muitas pessoas relatam como bônus, trazem o ônus mais do que comprovado de uma maior probabilidade de desenvolver doenças gengivais e periodontais, problemas relacionados à cicatrização, dentes amarelados, mau hálito e em casos severos, câncer oral.”

8
Alimentos ácidos

“O consumo de alimentos ácidos em demasia e sem cuidados acelera o desgaste natural dos dentes. Evite o consumo excessivo de substâncias ácidas tais como: vinagre, frutas cítricas, chá, refrigerantes, iogurtes, vinho, pastilhas de vitamina C, balas do tipo refrescante, maionese, picles, bebidas desportivas, algumas práticas desportivas frequentes como natação em piscina altamente clorada com baixo ph, e até mesmo o uso de clareadores para dentes vitais sem o controle profissional.”

9
Bafômetro

“Não estou falando da Lei Seca! Já existem aparelhos que se propõem a medir o hálito, avaliando se a pessoa está com mau hálito. Um grande problema é que as pessoas que tem, não sentem porque se acostumam com o cheiro. A maior parte das causas está associada a problemas na cavidade oral e higienização inadequada.”

10
Sorria muito!

“Sorria sempre, mesmo que seja um sorriso triste, porque nunca se sabe quem pode enamorar-se de seu sorriso… (Gabriel Garcia Marques). Garcia Marques fala até de sorriso triste, mas sorriso feio é uma opção sua! A Odontologia moderna tem todos os recursos para deixar seu sorriso lindo!”



Notícias da mídia Exercícios para fazer na cama ao acordar Quando o despertador toca de manhã sempre bate a preguiça de levantar da cama. Mais 10 minutos de soneca e você já está atrasada, não é? Ao longo do dia, o pescoço começa a doer, suas costas também e você já está na terceira xícara de café. Um jeito muito fácil de evitar todos esses problemas é manter uma pequena rotina de exercícios logo que você acorda. Respiração e alongamento ajudam a despertar e dar mais energia, sabia? "Estudos mostram que ao despertarmos pela manhã nossos músculos ficam 10% mais curtos e rígidos devido ao repouso prolongado da noite. O alongamento matinal é de grande importância, além de relaxar a musculatura e o corpo, previne dores que ao longo do dia podem ser sentidas", explica a fisioterapeuta e instrutora de pilates do Fit Body Pilates SPa&Estética, Mariana Novaes. São 6 exercícios bem simples que levam só 5 minutos: stretching 1. Deitada na cama retire seu travesseiro e alinhe bem sua coluna. Estique os braços e as pernas, de modo que seu corpo fique todo esticado. Entrelace suas mãos e estique-as para cima, fazendo uma tração na coluna. Repita esse movimento duas vezes por 20 segundos. 2. Deitada, dobre seus joelhos e leve em direção ao tronco, como se fosse abraçar as pernas. Mantenha por 20 segundos nessa posição e depois repita por mais uma vez. 3. Deitada, apoie seus pés na cama, flexione um pouco seu quadril e leve-o para o lado, deixando sua cabeça para o lado oposto do quadril. (Se levou o quadril para o lado direto, leve a cabeça para o lado esquerdo) Abra bem seus braços e relaxe. Faça dos dois lados, mantendo por 20 segundos na posição de alongamento e repetindo duas vezes. 4. Deitada, apoie os pés na cama unindo-os calcanhar com calcanhar e abra as pernas, fazendo a famosa posição da borboleta. Mantenha na postura de alongamento durante 20 segundos repetindo 2 vezes o movimento. 5. Sentada com o corpo ereto, pegue o braço direito e leve em direção a cabeça, puxando-a para o lado direito. Você irá sentir alongar a região do músculo trapézio e a região cervical do lado contralateral. Repita esse movimento por duas vezes mantendo por 20 segundos e repita no outro lado. 6. Todos os alongamentos devem ser associados a uma respiração lenta e profunda, inspirando o ar pelo nariz e expirando pela boca auxiliando o maior relaxamento muscular. A professora e proprietária da Personal Work, Adriane Lafemina explica como fazer o exercício: Deite com as pernas flexionadas, plantas dos pés na cama, mãos abaixo do umbigo e com a ponta dos dedos médios se tocando (se quiser junte os joelhos). Feche os olhos, inspire pelo nariz, sentindo o abdômen inchar: imagine um balão no abdômen, que se enche de ar na inspiração. Expire pelo nariz até o abdômen murchar completamente. Sinta que ao expirar o abdômen se contrai para dentro. Não force sua respiração, nem muito rápida, nem muito profunda, apenas observe seu ritmo. Experimente deixar sua expiração um pouco mais lenta que a inspiração! Faça o exercício de três a cinco minutos.

AECambuí | CDL - Associação Empresarial de Cambuí
Agência WebSide