AECambuí | CDL
Associação Empresarial de Cambuí






QUEM SOMOS | SERVIÇOS | ASSOCIADOS | PROFISSIONAL AUTÔNOMO | EMERGÊNCIA CAMBUÍ | CONTATO
Ligue para AECambui » (35) 3431-3046
» Revista "O Empresário"
» Banco de Currículo
» Últimas Notícias
» A legislação e o empresário
» Auto-Ajuda
» Comportamento
» comunicação
» Conselhos Úteis
» Finanças ao seu alcance
» Jurisprudência
» Momento Empresarial
» Tipos de Consultas SCPC
» Vida saudável
» Turismo
» Fotos da Cidade
» Fotos dos Cursos
» Memória Viva





VOLTAR
Conselhos Úteis



Publicado em: 05/06/2012

O título do artigo remete a uma de minhas palestras que tem feito muito sucesso atualmente não somente para o público feminino, mas também para empresários em geral.

E reflete a mais pura verdade! A evolução da nossa espécie, definitivamente, passa pelo universo feminino.

Segundo a Boston Consulting Group (BCG), foi realizado um estudo com 21000 mulheres que mostrou que elas controlam ou influenciam 70% (setenta por cento!) dos gastos de consumo feitos nos Estados Unidos, gerindo aproximadamente cinco trilhões de dólares. E a tendência é que esse percentual aumente ainda mais!!

Em 1949, a partir do livro “O Segundo Sexo” de Simone de Beauvoir, a autora já vislumbrava o potencial desse universo cor de rosa.

Beauvoir proclamava a “importância da reflexão sobre a igualdade entre os sexos... e que a emancipação feminina ocorreria com a independência econômica e muita luta...”

Os passos mais largos e decisivos dessa evolução no mundo ocorreram em um passado muito recente. Data dos anos 70 com a aprovação da igualdade salarial no Reino Unido, bem como da aparição da primeira mulher presidente: Izabel Perón, na Argentina.

Na China e na Índia , as mulheres ainda estão dando os primeiros passos nesse sentido. Por outro lado, em vários países escandinavos, as mulheres já ganham mais que os homens.

No Brasil vivemos um momento intermediário. A primeira senadora (Júnia Marise – PDT/MG) só foi eleita em 1990. Hoje temos um dos piores índices de participação feminina em cargos legislativos da América do Sul (11.66% - dados de 2010). Dentre 172 países, estamos em 102º lugar... Mas elegemos uma mulher na Presidência da República!! Dilma Rousseff é uma evolução definitiva!!

O que isso representa? Muito mesmo!!! Não estou fazendo apologia política e nem campanha pra ninguém não. Eu só quero ressaltar e enfatizar o que disse uma das principais representantes do movimento feminista no Brasil, Rose Marie Muraro:

“...a mulher é SOFT! O homem é HARD... é isso é biológico! A mulher é obrigada a proteger a vida e o homem obrigado a buscar comida. Daí as guerras e a corrupção...”

Portanto, com mulheres no poder, cai nível de corrupção!! Pois é, até agora (maio / 2012), se minha conta não estiver errada, foram oito ministros que caíram no governo, todos homens e a grande maioria envolvido em algum escândalo de corrupção...

O fato marcante é que a grande maioria das mulheres enaltece seus valores femininos acima de tudo! Valores como ética, determinação, senso de justiça, intuição, família, disciplina, sensibilidade, transparência, integridade e criatividade estão sempre em pauta nas ações femininas.

Elas dão muita importância para as relações interpessoais, sabem trabalhar em equipe, usam motivação e persuasão ao invés de ordem e controle e, principalmente, a cooperação no lugar da competição!! Que maravilha!!!

Falando um pouco em negócios, algumas companhias já perceberam o fenômeno , mas muitas ainda não pensam no público feminino quando planejam suas ações de marketing.

Pensem comigo: de quem é a última palavra para:

- comprar a casa da família?
- comprar o carro da família?
- a escolha do celular do marido?
- escolher o pacote de férias?
- definir a escola dos filhos?
- aceitar o restaurante para jantar?
- decidir pela cor do terno do marido?
- aceitar o genro? (Você pode ter pensado que é o marido, mas quem influencia e convence é a mulher...);
- decidir pela reforma da casa?

Mulheres são novidadeiras, adoram o que está na crista da onda, adoram uma inovação. Homens são diferentes: apesar de comprarem produtos caros, na maioria das vezes compram o mesmo tipo de produto quando o antigo fica velho.

No universo da moda é impressionante como as coleções se alteram de um ano para o outro... o que é usado hoje, no outono do próximo ano será ultrapassado, cairá em desuso..

Sem contar que o poder do “buxixo” de uma mulher é muito maior... Mulher é mais comunicativa e tem uma quantidade de amizades maior que o homem. Uma cliente satisfeita normalmente conta sua experiência a dez amigas. A consumidora descontente fala de sua experiência para mais de 100 pessoas...

E então, como você irá tratar sua próxima consumidora? Em seu negócio, como você irá surfar a “frenética” onda da evolução feminina?

Abra suas asas... Abrace esse mercado decisor!


Dill Casella




Notícias da mídia Exercícios para fazer na cama ao acordar Quando o despertador toca de manhã sempre bate a preguiça de levantar da cama. Mais 10 minutos de soneca e você já está atrasada, não é? Ao longo do dia, o pescoço começa a doer, suas costas também e você já está na terceira xícara de café. Um jeito muito fácil de evitar todos esses problemas é manter uma pequena rotina de exercícios logo que você acorda. Respiração e alongamento ajudam a despertar e dar mais energia, sabia? "Estudos mostram que ao despertarmos pela manhã nossos músculos ficam 10% mais curtos e rígidos devido ao repouso prolongado da noite. O alongamento matinal é de grande importância, além de relaxar a musculatura e o corpo, previne dores que ao longo do dia podem ser sentidas", explica a fisioterapeuta e instrutora de pilates do Fit Body Pilates SPa&Estética, Mariana Novaes. São 6 exercícios bem simples que levam só 5 minutos: stretching 1. Deitada na cama retire seu travesseiro e alinhe bem sua coluna. Estique os braços e as pernas, de modo que seu corpo fique todo esticado. Entrelace suas mãos e estique-as para cima, fazendo uma tração na coluna. Repita esse movimento duas vezes por 20 segundos. 2. Deitada, dobre seus joelhos e leve em direção ao tronco, como se fosse abraçar as pernas. Mantenha por 20 segundos nessa posição e depois repita por mais uma vez. 3. Deitada, apoie seus pés na cama, flexione um pouco seu quadril e leve-o para o lado, deixando sua cabeça para o lado oposto do quadril. (Se levou o quadril para o lado direto, leve a cabeça para o lado esquerdo) Abra bem seus braços e relaxe. Faça dos dois lados, mantendo por 20 segundos na posição de alongamento e repetindo duas vezes. 4. Deitada, apoie os pés na cama unindo-os calcanhar com calcanhar e abra as pernas, fazendo a famosa posição da borboleta. Mantenha na postura de alongamento durante 20 segundos repetindo 2 vezes o movimento. 5. Sentada com o corpo ereto, pegue o braço direito e leve em direção a cabeça, puxando-a para o lado direito. Você irá sentir alongar a região do músculo trapézio e a região cervical do lado contralateral. Repita esse movimento por duas vezes mantendo por 20 segundos e repita no outro lado. 6. Todos os alongamentos devem ser associados a uma respiração lenta e profunda, inspirando o ar pelo nariz e expirando pela boca auxiliando o maior relaxamento muscular. A professora e proprietária da Personal Work, Adriane Lafemina explica como fazer o exercício: Deite com as pernas flexionadas, plantas dos pés na cama, mãos abaixo do umbigo e com a ponta dos dedos médios se tocando (se quiser junte os joelhos). Feche os olhos, inspire pelo nariz, sentindo o abdômen inchar: imagine um balão no abdômen, que se enche de ar na inspiração. Expire pelo nariz até o abdômen murchar completamente. Sinta que ao expirar o abdômen se contrai para dentro. Não force sua respiração, nem muito rápida, nem muito profunda, apenas observe seu ritmo. Experimente deixar sua expiração um pouco mais lenta que a inspiração! Faça o exercício de três a cinco minutos.

AECambuí | CDL - Associação Empresarial de Cambuí
Agência WebSide