AECambuí | CDL
Associação Empresarial de Cambuí






QUEM SOMOS | SERVIÇOS | ASSOCIADOS | PROFISSIONAL AUTÔNOMO | EMERGÊNCIA CAMBUÍ | CONTATO
Ligue para AECambui » (35) 3431-3046
» Revista "O Empresário"
» Banco de Currículo
» Últimas Notícias
» A legislação e o empresário
» Auto-Ajuda
» Comportamento
» comunicação
» Conselhos Úteis
» Finanças ao seu alcance
» Jurisprudência
» Momento Empresarial
» Tipos de Consultas SCPC
» Vida saudável
» Turismo
» Fotos da Cidade
» Fotos dos Cursos
» Memória Viva





VOLTAR
Conselhos Úteis



Publicado em: 07/11/2017

Isso é interessante.

Depois de ler isto, você nunca vai olhar para uma banana da mesma
maneira novamente.

A banana contém três açúcares naturais - sacarose, frutose e
glicose, combinados com fibra.... A banana dá uma instantânea e
substancial elevação da energia.

Pesquisas provam que apenas duas bananas fornecem energia suficiente
para um treino de 90 minutos extenuantes. Não é à toa que a
banana é a fruta número um dos maiores atletas do mundo.

Mas energia não é a única forma de uma banana poder nos ajudar a
manter a forma. Pode também nos ajudar a curar ou prevenir um
grande número de doenças. Tornando-se uma obrigação adicionar a
banana à nossa dieta diária.

Depressão: De acordo com recente pesquisa realizada pela MIND,
entre pessoas que sofrem de depressão, as pessoas se sentiam
melhores após ter comido uma banana.

Isto porque a banana contém
triptofano, um tipo de proteína que o corpo converte em seratonina,
reconhecida por relaxar, melhorar o seu humor e, geralmente, fazem
você se sentir mais feliz.

TPM Esqueça as pílulas - coma uma banana. A vitamina B6 regula os
níveis de glicose no sangue, que podem afetar seu humor.

Anemia: contendo muito ferro, bananas estimulam a produção de
hemoglobina no sangue e ajudam nos casos de anemia.

Pressão Arterial: Este fruto tropical é muito rico em potássio,
mas reduzido em sódio, tornando-a perfeita para combater a pressão
alta. Tanto é assim, que a Food and Drug Administration nos Estados
Unidos, permitiu que a indústria da banana oficialmente informasse
ao publico, que ao comer essa fruta, ela poderá reduzir o risco de
pressão alta e infarto.

Cérebro: 200 estudantes da escola Twickenham na Inglaterra tiveram
ajuda nos exames este ano, comendo
bananas no café da manhã, lanche e almoço em uma tentativa de
elevar sua capacidade mental. A pesquisa mostrou que o elevado teor
de potássio na banana, pode ajudar a aprendizagem, tornando os
alunos mais alertas.

Constipação: com elevado teor de fibra, incluir bananas na dieta
pode ajudar a normalizar as funções intestinais, ajudando a
superar o problema sem recorrer a laxantes.

Ressaca: uma das formas mais rápidas de curar uma ressaca é fazer
uma vitamina de banana, adoçado com mel. A banana acalma o
estômago e, com a ajuda do mel aumenta os níveis de açúcar no
sangue, enquanto o leite suaviza e reidrata o sistema.

Azia: elas têm efeito antiácido natural no organismo, por isso, se
você sofre de azia, experimente comer uma banana para aliviar.
Enjôo matinal: comer uma banana entre as refeições ajuda a manter
os níveis de açúcar no sangue elevado e evita as náuseas.

Picadas de mosquito: antes do creme para picada de inseto,
experimente esfregar a zona afetada com a parte interna da casca da
banana. Muitas pessoas acham excelentes para reduzir o inchaço e a
irritação.

Nervos: Bananas são ricas em vitaminas do complexo B que ajuda a
acalmar o sistema nervoso.Excesso de peso e no trabalho? Estudos do
Instituto de Psicologia na Áustria mostram que a pressão no
trabalho leva à excessiva ingestão de alimentos como chocolate e
biscoitos.

Estudando 5000 pacientes em hospitais, pesquisadores
concluíram que os mais obesos eram os que mais sofriam de pressão
alta e ataques de ansiedade. O relatório desse estudo, concluiu
que: para evitar que comamos biscoitos e doces quando estamos
ansiosos, então é necessário que se coma alimentos ricos em
carboidratos a cada duas horas para manter níveis estáveis de
açúcar no sangue, e é aí que entra a nossa querida banana.

Úlceras: A banana é usada na dieta diária contra desordens
intestinais pela sua textura macia e suavidade. É a única fruta
crua que pode ser comida sem desgaste em casos de úlcera crônica.
Também neutraliza a acidez e reduz a irritação, protegendo as
paredes do estômago.

Controle de temperatura: Muitas culturas vêem a banana como fruta
'refrescante', que pode reduzir tanto a temperatura física como
emocional de mulheres grávidas. Na Tailândia, por exemplo, as
grávidas comem bananas para os bebês nascerem com temperatura
baixa.
Seasonal Affective Disorder (SAD): a banana auxilia os que sofrem
SAD, porque contêm a vitamina B6 e Triptofano, que nos acalma e nos
faz ficar bem humorados.

Fumar e Uso do Tabaco: As bananas podem ajudar as pessoas que tentam
deixar de fumar. Vitaminas - A, B6 e B12, assim como o potássio e
magnésio, ajudam o corpo a recuperar dos efeitos da retirada da
nicotina.

Stress: O potássio é um mineral vital, que ajuda a normalizar os
batimentos cardíacos, levando oxigênio ao cérebro e regula o
equilíbrio de água no corpo. Quando estamos estressados, nossa
taxa metabólica se eleva, reduzindo os níveis de potássio que
podem ser reequilibrado com a ajuda da banana, que é rica em
potássio.

Enfarto: de acordo com pesquisa publicado no New England Journal of
Medicine, comer bananas como parte de uma dieta regular, pode
reduzir o risco de morte por enfarto em até 40%!

Verrugas: os interessados em alternativas naturais juram que se
quiser eliminar verrugas, pegar um pedaço de casca de banana e
colocá-lo sobre a verruga, com o lado amarelo para fora. Segure
cuidadosamente a casca no local com esparadrapo!

Assim, a banana é um remédio natural para muitos males. Quando
você compará-lo com uma maçã, tem quatro vezes mais proteínas,
duas vezes mais carboidratos, três vezes mais fósforo, cinco vezes
mais vitamina A e ferro e o dobro das outras vitaminas e minerais.
Também é rica em potássio e é um dos alimentos mais valiosos
para nossa saúde.

Então talvez seja hora de mudar essa frase em
inglês, tão conhecida: 1 apple a day, keep the doctor away, e que
nós traduzindo deveríamos usar: "Uma banana por dia mantém o
doutor sem freguesia!"


Notícias da mídia Exercícios para fazer na cama ao acordar Quando o despertador toca de manhã sempre bate a preguiça de levantar da cama. Mais 10 minutos de soneca e você já está atrasada, não é? Ao longo do dia, o pescoço começa a doer, suas costas também e você já está na terceira xícara de café. Um jeito muito fácil de evitar todos esses problemas é manter uma pequena rotina de exercícios logo que você acorda. Respiração e alongamento ajudam a despertar e dar mais energia, sabia? "Estudos mostram que ao despertarmos pela manhã nossos músculos ficam 10% mais curtos e rígidos devido ao repouso prolongado da noite. O alongamento matinal é de grande importância, além de relaxar a musculatura e o corpo, previne dores que ao longo do dia podem ser sentidas", explica a fisioterapeuta e instrutora de pilates do Fit Body Pilates SPa&Estética, Mariana Novaes. São 6 exercícios bem simples que levam só 5 minutos: stretching 1. Deitada na cama retire seu travesseiro e alinhe bem sua coluna. Estique os braços e as pernas, de modo que seu corpo fique todo esticado. Entrelace suas mãos e estique-as para cima, fazendo uma tração na coluna. Repita esse movimento duas vezes por 20 segundos. 2. Deitada, dobre seus joelhos e leve em direção ao tronco, como se fosse abraçar as pernas. Mantenha por 20 segundos nessa posição e depois repita por mais uma vez. 3. Deitada, apoie seus pés na cama, flexione um pouco seu quadril e leve-o para o lado, deixando sua cabeça para o lado oposto do quadril. (Se levou o quadril para o lado direto, leve a cabeça para o lado esquerdo) Abra bem seus braços e relaxe. Faça dos dois lados, mantendo por 20 segundos na posição de alongamento e repetindo duas vezes. 4. Deitada, apoie os pés na cama unindo-os calcanhar com calcanhar e abra as pernas, fazendo a famosa posição da borboleta. Mantenha na postura de alongamento durante 20 segundos repetindo 2 vezes o movimento. 5. Sentada com o corpo ereto, pegue o braço direito e leve em direção a cabeça, puxando-a para o lado direito. Você irá sentir alongar a região do músculo trapézio e a região cervical do lado contralateral. Repita esse movimento por duas vezes mantendo por 20 segundos e repita no outro lado. 6. Todos os alongamentos devem ser associados a uma respiração lenta e profunda, inspirando o ar pelo nariz e expirando pela boca auxiliando o maior relaxamento muscular. A professora e proprietária da Personal Work, Adriane Lafemina explica como fazer o exercício: Deite com as pernas flexionadas, plantas dos pés na cama, mãos abaixo do umbigo e com a ponta dos dedos médios se tocando (se quiser junte os joelhos). Feche os olhos, inspire pelo nariz, sentindo o abdômen inchar: imagine um balão no abdômen, que se enche de ar na inspiração. Expire pelo nariz até o abdômen murchar completamente. Sinta que ao expirar o abdômen se contrai para dentro. Não force sua respiração, nem muito rápida, nem muito profunda, apenas observe seu ritmo. Experimente deixar sua expiração um pouco mais lenta que a inspiração! Faça o exercício de três a cinco minutos.

AECambuí | CDL - Associação Empresarial de Cambuí
Agência WebSide