AECambuí | CDL
Associação Empresarial de Cambuí






QUEM SOMOS | SERVIÇOS | ASSOCIADOS | PROFISSIONAL AUTÔNOMO | EMERGÊNCIA CAMBUÍ | CONTATO
Ligue para AECambui » (35) 3431-3046
» Revista "O Empresário"
» Banco de Currículo
» Últimas Notícias
» A legislação e o empresário
» Auto-Ajuda
» Comportamento
» comunicação
» Conselhos Úteis
» Finanças ao seu alcance
» Jurisprudência
» Momento Empresarial
» Tipos de Consultas SCPC
» Vida saudável
» Turismo
» Fotos da Cidade
» Fotos dos Cursos
» Memória Viva





VOLTAR
Conselhos Úteis



Publicado em: 28/09/2016

Quando o assunto é cozinhar (e economizar dinheiro), o freezer é seu melhor amigo. Há muitos artigos que circulam na internet falando dos alimentos surpreendentes que podem ser congelados e outros que nunca devemos congelar.

Esses artigos são importantes, mas é muita informação que é preciso juntar para ter uma visão completa. Vamos dar um jeito nisso hoje, consolidando todos esses dados para ajudar você a aproveitar seu freezer ao máximo.

Segue abaixo uma lista de todos os alimentos que podem ser congelados.

Se um alimento que você quer congelar não consta da lista, é provável que possa ser congelado sem perder suas qualidades, mas que não fique com textura satisfatória ao ser descongelado (você decide se quer congelar o alimento assim mesmo).

Alguns produtos que constam da lista abaixo também mudam de textura quando são descongelados, mas estão incluídos na lista, mesmo assim, porque podem ser cozidos sem perda de qualidade.

Dê uma olhada:



Leite – se você pretende usá-lo para fins culinários.
Queijo – não os queijos macios, como o de cabra, e de preferência rasgado em tiras.
Manteiga
Ovos rachados
Cream cheese – se você pretende cozinhar ou assar alguma coisa com ele (pense em cheesecake, por exemplo)
Leitelho (também conhecido como leite de manteiga)
Chantilly – para aquelas ocasiões raras em que você preparou demais.
Panquecas, waffles e rabanada, todos feitos em casa.
Frutas – basicamente todas, especialmente se serão batidas em um smoothie depois depois de congeladas. Algumas frutas, como as cítricas, a melancia e as uvas, viram uma papa quando são descongeladas.
Verduras e legumes – com a exceção de folhas verdes de salada, pepinos, aipo (se você pretende consumi-lo cru) e batatas cruas.
Arroz cozido
Macarrão e massas cozidas – cozinhe a massa 2-3 minutos menos que o tempo recomendado, senão ela virará uma papa quando for descongelada.
Massa caseira crua feita com ovos
Tortas
Bolos
Muffins e pães de minuto
Brownies e cookies
Milho verde – cozinhe-o levemente antes.
Abacates
Massa de tomate
Tomates assados
Farinha de trigo
Nozes e castanhas
Pesto
Húmus
Manteiga de amendoim
Purê de batatas
Chocolate – desde que você o prepare adequadamente, esfriando-o primeiro na geladeira
Massa de biscoito crua
Tortilhas
Batata chips
Sopas e chili feitos em casa
Caldo de carnes ou legumes
Carne, cozida ou crua (incluindo bacon)
Frutos do mar
Vinho
Pão
Massa de pão (crua mas que já cresceu)
Ervas frescas (conservadas em azeite de oliva)
Sucos de frutas cítricas
Xarope de bordo

Agora comece a congelar!


Notícias da mídia Exercícios para fazer na cama ao acordar Quando o despertador toca de manhã sempre bate a preguiça de levantar da cama. Mais 10 minutos de soneca e você já está atrasada, não é? Ao longo do dia, o pescoço começa a doer, suas costas também e você já está na terceira xícara de café. Um jeito muito fácil de evitar todos esses problemas é manter uma pequena rotina de exercícios logo que você acorda. Respiração e alongamento ajudam a despertar e dar mais energia, sabia? "Estudos mostram que ao despertarmos pela manhã nossos músculos ficam 10% mais curtos e rígidos devido ao repouso prolongado da noite. O alongamento matinal é de grande importância, além de relaxar a musculatura e o corpo, previne dores que ao longo do dia podem ser sentidas", explica a fisioterapeuta e instrutora de pilates do Fit Body Pilates SPa&Estética, Mariana Novaes. São 6 exercícios bem simples que levam só 5 minutos: stretching 1. Deitada na cama retire seu travesseiro e alinhe bem sua coluna. Estique os braços e as pernas, de modo que seu corpo fique todo esticado. Entrelace suas mãos e estique-as para cima, fazendo uma tração na coluna. Repita esse movimento duas vezes por 20 segundos. 2. Deitada, dobre seus joelhos e leve em direção ao tronco, como se fosse abraçar as pernas. Mantenha por 20 segundos nessa posição e depois repita por mais uma vez. 3. Deitada, apoie seus pés na cama, flexione um pouco seu quadril e leve-o para o lado, deixando sua cabeça para o lado oposto do quadril. (Se levou o quadril para o lado direto, leve a cabeça para o lado esquerdo) Abra bem seus braços e relaxe. Faça dos dois lados, mantendo por 20 segundos na posição de alongamento e repetindo duas vezes. 4. Deitada, apoie os pés na cama unindo-os calcanhar com calcanhar e abra as pernas, fazendo a famosa posição da borboleta. Mantenha na postura de alongamento durante 20 segundos repetindo 2 vezes o movimento. 5. Sentada com o corpo ereto, pegue o braço direito e leve em direção a cabeça, puxando-a para o lado direito. Você irá sentir alongar a região do músculo trapézio e a região cervical do lado contralateral. Repita esse movimento por duas vezes mantendo por 20 segundos e repita no outro lado. 6. Todos os alongamentos devem ser associados a uma respiração lenta e profunda, inspirando o ar pelo nariz e expirando pela boca auxiliando o maior relaxamento muscular. A professora e proprietária da Personal Work, Adriane Lafemina explica como fazer o exercício: Deite com as pernas flexionadas, plantas dos pés na cama, mãos abaixo do umbigo e com a ponta dos dedos médios se tocando (se quiser junte os joelhos). Feche os olhos, inspire pelo nariz, sentindo o abdômen inchar: imagine um balão no abdômen, que se enche de ar na inspiração. Expire pelo nariz até o abdômen murchar completamente. Sinta que ao expirar o abdômen se contrai para dentro. Não force sua respiração, nem muito rápida, nem muito profunda, apenas observe seu ritmo. Experimente deixar sua expiração um pouco mais lenta que a inspiração! Faça o exercício de três a cinco minutos.

AECambuí | CDL - Associação Empresarial de Cambuí
Agência WebSide