AECambuí | CDL
Associação Empresarial de Cambuí






QUEM SOMOS | SERVIÇOS | ASSOCIADOS | PROFISSIONAL AUTÔNOMO | EMERGÊNCIA CAMBUÍ | CONTATO
Ligue para AECambui » (35) 3431-3046
» Revista "O Empresário"
» Banco de Currículo
» Últimas Notícias
» A legislação e o empresário
» Auto-Ajuda
» Comportamento
» comunicação
» Conselhos Úteis
» Finanças ao seu alcance
» Jurisprudência
» Momento Empresarial
» Tipos de Consultas SCPC
» Vida saudável
» Turismo
» Fotos da Cidade
» Fotos dos Cursos
» Memória Viva





VOLTAR
Conselhos Úteis



Publicado em: 17/09/2016


O sal já foi um produto precioso, capaz de enriquecer e construir impérios.

E por isso até já foi motivo de guerras.

Se antes ele servia como uma generosa forma de pagamento, hoje basta sentar num simples boteco para encontrar um saleiro.

As civilizações mais antigas, como o Egito, registraram, em papiros, a apreciação que tinham pelo sal – que não apenas servia para a saúde do corpo, como também já era sabido que ajudava a conservar alimentos.

Infelizmente, o sal refinado é o mais consumido, e ele é um veneno para a saúde.

Mas o sal integral – como o do Himalaia e o de Guérande – continua sendo muito precioso para o nosso organismo e devemos nos esforçar para incluí-lo em nossa dieta.

Mas neste post vamos fazer diferente.

Nós vamos mostrar algumas utilidades do sal fora da culinária e de questões de saúde.

Acreditamos que esta seja uma matéria importante porque pouca gente tem conhecimento de suas utilidades fora da cozinha.

Em todos esses usos, claro, você vai usar o sal comum, que é o mais barato.

Veja como usar o sal para:

1. Deixar peças metálicas brilhando

Misture em partes iguais sal, farinha de trigo e vinagre.

Em seguida, aplique no sobre o metal.

2. Limpar panelas de ferro

Com a panela ainda quente, utilize uma pasta da mistura de óleo e sal para remover as sujeiras.

Se desejar, preencha o fundo da panela com óleo de cozinha e aquecer por alguns minutos. Depois, acrescente algumas colheres de sal grosso – pronto! agora é só remover a sujeira com a pasta que irá se formar.

Enxágue com água quente e seque normalmente.

3. Remover ovos quebrados no chão

Tem coisa mais chata do que ter que limpar o piso sujo de ovo cru?

A consistência líquida não precisa mais ser um problema quando ocorrer esse tipo de acidente.

Tudo o que você precisa é cobrir todo o ovo derramado com sal – tanto a clara como a gema ficarão fáceis de ser removidas.

4. Limpar panelas gordurosas

Adicione um pouco de sal e, em seguida, use um pedaço de papel para ajudar na limpeza.

Após isso, siga com a lavagem normal.

5. Limpar panela queimada

É muito simples.

Tudo o que você precisa fazer é forrar o fundo da panela com sal e acrescentar um pouco de água.

Mexa bem e depois leve a panela à água corrente, lavando normalmente com uma esponja.

6. Limpar a esponja de prato

As esponjas ficam frequentemente sujas, sejam por resíduos de comida ou até mesmo na hora de limpar alguma panela queimada.

Para resolver o problema, encha uma pequena vasilha com água e sal – misture bem.

Depois disso, mergulhe a esponja e deixe-a de molho por alguns minutos.

Quando retirar, verá que a esponja vai estar limpinha outra vez.


7. Remover líquidos recém-derramados no tapete

Jogue um pouco de sal sobre a região manchada.

Depois que tiver seca, utilize o aspirador para dar o toque final.

8. Remover manchas antigas de líquido no tapete

Misture 1/4 de xícara de sal e 2 colheres (sopa) de vinagre.

Esfregue bem a mistura no tapete e deixe-o secar. Depois é só passar o aspirador.

9.Desentupir pias

Coloque bastante sal no ralo da pia.

Depois acrescente água fervente por cima.

Enquanto a água escoa para dentro dos canos, feche o ralo com um pano para fazer pressão (tenha cuidado para não se queimar).

Você vai ouvir um barulho indicando que o cano está sendo desentupido.

10. Eliminar chulé

Lave bem os pés e, em seguida, passe a mistura de vinagre com sal – isso vai impedir o mau cheiro.

11. Eliminar cheiro de comida

Para eliminar o cheiro de comida que fica no forno, prepare uma mistura com sal e canela.

Depois, ligue o forno por alguns minutos.

Desligue-o e espere um pouco.

Com ele ainda quente, borrife a mistura na parte de cima e de baixo deste.

Espere o forno esfriar e tire as manchas com um pano úmido.

12. Evitar focos do mosquito da dengue

Esta é uma estratégia simples, barata e eficaz no combate ao mosquito da dengue, zika e chicungunha.

Basta colocar sal de cozinha para evitar o desenvolvimento das larvas do Aedes aegypti em locais como vasos sanitários, ralos, pneus e outros.

13. Eliminar manchas de mofo

Quer eliminar manchas de mofo nas roupas?

Tente esta dica: faça uma pasta de partes iguais de sal e suco de limão.

Aplique a pasta sobre a mancha e leve para secar ao sol.

Depois, lave normalmente.

14. Clarear os lençóis

Deseja ver seus lençóis amarelados voltarem a ficar branquinhos?

É simples: adicione a uma panela grande 5 colheres (sopa) de sal e uma de bicarbonato de sódio.

Encha a panela com água e coloque os lençóis amarelados dentro para ferver de 15 a 30 minutos.

Depois é só desligar, esperar esfriar um pouco e tirar os lençóis para lavá-los com água fria.

15. Tirar manchas de xícaras

Suas xícaras estão manchadas por chá ou café e água com detergente não resolve?

Faça o seguinte: esfregue sal nas xícaras manchadas.

Isso vai eliminar as manchas.


Notícias da mídia Exercícios para fazer na cama ao acordar Quando o despertador toca de manhã sempre bate a preguiça de levantar da cama. Mais 10 minutos de soneca e você já está atrasada, não é? Ao longo do dia, o pescoço começa a doer, suas costas também e você já está na terceira xícara de café. Um jeito muito fácil de evitar todos esses problemas é manter uma pequena rotina de exercícios logo que você acorda. Respiração e alongamento ajudam a despertar e dar mais energia, sabia? "Estudos mostram que ao despertarmos pela manhã nossos músculos ficam 10% mais curtos e rígidos devido ao repouso prolongado da noite. O alongamento matinal é de grande importância, além de relaxar a musculatura e o corpo, previne dores que ao longo do dia podem ser sentidas", explica a fisioterapeuta e instrutora de pilates do Fit Body Pilates SPa&Estética, Mariana Novaes. São 6 exercícios bem simples que levam só 5 minutos: stretching 1. Deitada na cama retire seu travesseiro e alinhe bem sua coluna. Estique os braços e as pernas, de modo que seu corpo fique todo esticado. Entrelace suas mãos e estique-as para cima, fazendo uma tração na coluna. Repita esse movimento duas vezes por 20 segundos. 2. Deitada, dobre seus joelhos e leve em direção ao tronco, como se fosse abraçar as pernas. Mantenha por 20 segundos nessa posição e depois repita por mais uma vez. 3. Deitada, apoie seus pés na cama, flexione um pouco seu quadril e leve-o para o lado, deixando sua cabeça para o lado oposto do quadril. (Se levou o quadril para o lado direto, leve a cabeça para o lado esquerdo) Abra bem seus braços e relaxe. Faça dos dois lados, mantendo por 20 segundos na posição de alongamento e repetindo duas vezes. 4. Deitada, apoie os pés na cama unindo-os calcanhar com calcanhar e abra as pernas, fazendo a famosa posição da borboleta. Mantenha na postura de alongamento durante 20 segundos repetindo 2 vezes o movimento. 5. Sentada com o corpo ereto, pegue o braço direito e leve em direção a cabeça, puxando-a para o lado direito. Você irá sentir alongar a região do músculo trapézio e a região cervical do lado contralateral. Repita esse movimento por duas vezes mantendo por 20 segundos e repita no outro lado. 6. Todos os alongamentos devem ser associados a uma respiração lenta e profunda, inspirando o ar pelo nariz e expirando pela boca auxiliando o maior relaxamento muscular. A professora e proprietária da Personal Work, Adriane Lafemina explica como fazer o exercício: Deite com as pernas flexionadas, plantas dos pés na cama, mãos abaixo do umbigo e com a ponta dos dedos médios se tocando (se quiser junte os joelhos). Feche os olhos, inspire pelo nariz, sentindo o abdômen inchar: imagine um balão no abdômen, que se enche de ar na inspiração. Expire pelo nariz até o abdômen murchar completamente. Sinta que ao expirar o abdômen se contrai para dentro. Não force sua respiração, nem muito rápida, nem muito profunda, apenas observe seu ritmo. Experimente deixar sua expiração um pouco mais lenta que a inspiração! Faça o exercício de três a cinco minutos.

AECambuí | CDL - Associação Empresarial de Cambuí
Agência WebSide