AECambuí | CDL
Associação Empresarial de Cambuí






QUEM SOMOS | SERVIÇOS | ASSOCIADOS | PROFISSIONAL AUTÔNOMO | EMERGÊNCIA CAMBUÍ | CONTATO
Ligue para AECambui » (35) 3431-3046
» Revista "O Empresário"
» Banco de Currículo
» Últimas Notícias
» A legislação e o empresário
» Auto-Ajuda
» Comportamento
» comunicação
» Conselhos Úteis
» Finanças ao seu alcance
» Jurisprudência
» Momento Empresarial
» Tipos de Consultas SCPC
» Vida saudável
» Turismo
» Fotos da Cidade
» Fotos dos Cursos
» Memória Viva





VOLTAR
Auto-Ajuda



Publicado em: 25/10/2013

Para discutir como essa capacidade se expressa nas crianças, devemos entender primeiro o que ela significa.

O que é resiliência?

Resiliência é a capacidade humana de lidar com as adversidades da vida, vencer e se transformar de uma maneira positiva.

As mudanças sempre produzem um desequilíbrio e, dependendo da capacidade de resiliência do indivíduo, são vividas com mais ou menos temores e dúvidas.

Mas as mudanças nem sempre são ruins. É um mito supor que algo ruim acontece sempre que uma situação estável muda. A transitoriedade faz parte da vida, e é fundamental ensinar as crianças a enfrentar as mudanças com tranquilidade.

Dito isto, é muito importante:

- Adaptar-se às novas situações.

- Desenvolver a abertura a mudanças. Por exemplo, o nascimento de um irmão, a perda de uma pessoa querida, uma mudança de casa ou de escola, ou uma separação.

- Aprender a ser flexível e escutar as alternativas em cada situação, sem defender uma posição rígida de antemão.

- Ser criativo. Ser capaz de recriar uma situação e transformá-lo em algo bom, apesar de pressupor uma mudança.

- Aceitar o que acontece e não resistir diante do inevitável. A partir da aceitação, surgem as soluções.

- Cultivar a tolerância ao novo. Nada acontece de um dia para o outro, e é preciso dar tempo às crianças para que encontrem sua forma e seu ritmo de se adaptar às novas situações.

- Por fim, contar a experiência de mudanças anteriores também ajuda as crianças a lidar com o inesperado.

Acompanhar seus filhos de perto e se antecipar a possíveis situações os ajuda a desenvolver a resiliência. Só assim eles poderão vivenciar qualquer situação que se apresente com bom senso e responsabilidade.

Alejandra Libenson
Psicóloga e Psicopedagoga




AECambuí | CDL - Associação Empresarial de Cambuí
Agência WebSide