AECambuí | CDL
Associação Empresarial de Cambuí






QUEM SOMOS | SERVIÇOS | ASSOCIADOS | PROFISSIONAL AUTÔNOMO | EMERGÊNCIA CAMBUÍ | CONTATO
Ligue para AECambui » (35) 3431-3046
» Revista "O Empresário"
» Banco de Currículo
» Últimas Notícias
» A legislação e o empresário
» Auto-Ajuda
» Comportamento
» comunicação
» Conselhos Úteis
» Finanças ao seu alcance
» Jurisprudência
» Momento Empresarial
» Tipos de Consultas SCPC
» Vida saudável
» Turismo
» Fotos da Cidade
» Fotos dos Cursos
» Memória Viva


VOLTAR
Últimas Notícias


Publicado em: 15/06/2019

Compartilho aqui alguns conceitos:

INTERESSE E VISÃO


O primeiro fator para o sucesso empresarial é o interesse. Como o empreendedorismo compensa de acordo com o desempenho, e não com o tempo gasto em um esforço particular, um empreendedor deve trabalhar em uma área que lhe interesse. Caso contrário, ela não será capaz de manter um alto nível de ética de trabalho, e ela provavelmente falhará.

Esse interesse também deve se traduzir em uma visão para o crescimento da empresa. Mesmo que as atividades do dia-a-dia de uma empresa sejam interessantes para um empreendedor, isso não é suficiente para o sucesso, a menos que ela possa transformar esse interesse em uma visão de crescimento e expansão. Essa visão deve ser forte o suficiente para que ela possa comunicá-la a investidores, colaboradores e fornecedores.

HABILIDADE


Todo o interesse e visão não compensam a total falta de habilidade aplicável. Como chefe de uma empresa, quer tenha colaboradores ou não, um empreendedor deve poder usar muitos chapéus e fazê-lo com eficiência.

Por exemplo, se ele deseja iniciar um negócio que cria jogos para dispositivos móveis, ele deve ter conhecimento especializado em tecnologia móvel, indústria de jogos, design de jogos, marketing de aplicativos móveis ou programação.

INVESTIMENTO


Um empreendedor deve investir em sua empresa. Esse investimento pode ser algo menos tangível, como o tempo que ela gasta ou as habilidades ou reputação que ela traz consigo, mas também tende a envolver um investimento significativo de ativos com um valor claro, sejam eles dinheiro, imóveis ou propriedade intelectual. Um empreendedor que não vai ou não pode investir em sua empresa não pode esperar que outros o façam e não pode esperar que seja bem-sucedido.

ORGANIZAÇÃO E DELEGAÇÃO


Enquanto muitas novas empresas começam como um show one-man, o empreendedor de sucesso é caracterizado por um crescimento rápido e estável. Isso significa contratar outras pessoas para realizar trabalhos especializados. Por este motivo, ao empreendedor exige-se uma extensa organização e delegação de tarefas.

É importante que os empreendedores prestem muita atenção em tudo o que acontece em suas empresas, mas se quiserem que suas empresas tenham sucesso, eles devem aprender a contratar as pessoas certas para as funções certas e deixá-los fazer o trabalho com o mínimo de interferência da administração.

RISCO E RECOMPENSAS


Empreendedorismo requer risco. A medição desse risco equivale à quantidade de tempo e dinheiro investidos no seu negócio. No entanto, esse risco também tende a se relacionar diretamente com as recompensas envolvidas. Um empreendedor que investe em uma franquia paga pelo plano de negócios de outra pessoa e recebe uma renda respeitável, enquanto um empreendedor que realiza inovações inovadoras arrisca tudo, supondo que algo revolucionário funcionará no mercado.

Se tal revolucionário está errado, ela pode perder tudo. No entanto, se ela estiver certa, ela pode se tornar extremamente rica e realizada.

(Rafael José Pôncio)
AECambuí | CDL - Associação Empresarial de Cambuí
Agência WebSide