AECambuí | CDL
Associação Empresarial de Cambuí






QUEM SOMOS | SERVIÇOS | ASSOCIADOS | PROFISSIONAL AUTÔNOMO | EMERGÊNCIA CAMBUÍ | CONTATO
Ligue para AECambui » (35) 3431-3046
» Revista "O Empresário"
» Banco de Currículo
» Últimas Notícias
» A legislação e o empresário
» Auto-Ajuda
» Comportamento
» comunicação
» Conselhos Úteis
» Finanças ao seu alcance
» Jurisprudência
» Momento Empresarial
» Tipos de Consultas SCPC
» Vida saudável
» Turismo
» Fotos da Cidade
» Fotos dos Cursos
» Memória Viva


VOLTAR
Últimas Notícias


Publicado em: 27/09/2018

O Sul de Minas registrou mais uma madrugada de terror e violência. Um dia após o ataque a agências bancárias em Machado, quando moradores do município foram feitos reféns, bandidos fortemente armados fizeram um novo alvo: a cidade de Extrema.

Como no dia anterior, os criminosos também trocaram tiros com a Polícia Militar. Por sorte não houve feridos na ocorrência.

O caso de Extrema aconteceu por volta das 2h30, quando os bandidos explodiram simultaneamente agências dos bancos do Brasil e Itaú, ambas localizadas avenida Brasil, na região Central. Militares que faziam ronda flagraram dois carros que seriam usados pelos suspeitos com três homens e outros já estavam dentro de uma das agências.

Ao perceberem a presença dos policiais, os infratores atiraram e os militares revidaram. Durante a troca de tiros, alguns estabelecimentos comerciais foram alvejados. Toda a ação criminosa durou aproximadamente 45 minutos. Os suspeitos conseguiram fugir em alta velocidade e ainda não foram localizados.

A PM montou uma operação para cercar o município e também cidades vizinhas na tentativa de prender os suspeitos. A PM não informou se os criminosos conseguiram levar dinheiro dos equipamentos eletrônicos. Depois dos ataques, o Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) foi acionado para desativar os explosivos que ficaram nas agências. Diversas munições foram recolhidas nas ruas.


AECambuí | CDL - Associação Empresarial de Cambuí
Agência WebSide