AECambuí | CDL
Associação Empresarial de Cambuí






QUEM SOMOS | SERVIÇOS | ASSOCIADOS | PROFISSIONAL AUTÔNOMO | EMERGÊNCIA CAMBUÍ | CONTATO
Ligue para AECambui » (35) 3431-3046
» Revista "O Empresário"
» Banco de Currículo
» Últimas Notícias
» A legislação e o empresário
» Auto-Ajuda
» Comportamento
» comunicação
» Conselhos Úteis
» Finanças ao seu alcance
» Jurisprudência
» Momento Empresarial
» Tipos de Consultas SCPC
» Vida saudável
» Turismo
» Fotos da Cidade
» Fotos dos Cursos
» Memória Viva





VOLTAR
Últimas Notícias


Publicado em: 11/01/2018

O processo de acolhida é tão importante quanto o de seleção de novos colaboradores. Além de contratar quem queira trabalhar no seu negócio e não quem esteja, apenas, procurando emprego, é fundamental também que haja um processo de acolhida estruturado e profundo e que permita que o novato aprenda sobre o negócio e sua CULTURA.

"Contrate quem queira trabalhar na sua empresa e não quem esteja, apenas, procurando um emprego” Jim Cunningham


Quem começou a história da empresa, por quê? Quais os valores e comportamentos que precisam ser vividos e praticados e por quê? É importante que antes de qualquer outra coisa, mesmo aprender sobre o o trabalho que irá realizar, o novo profissional entenda e queira abraçar a Cultura do negócio.

Não é a toa que se fala que uma boa cultura empresarial atrai profissionais, os mantém na empresa e também afasta aqueles que não conseguem viver de acordo com ela.

E aí, como é a acolhida de um novo profissional na sua empresa? Rápido, a jato, superficial, com foco apenas no processo de trabalho, deveres e direitos? Se o novato não se encantar com a Cultura e a história do negócio, ele não vai entender certas coisas, nem fazer certas coisas como se deveria, simplesmente por não se sentir inspirado.


“Antes de colocar um novo funcionário para dentro da sua empresa, coloque a sua empresa para dentro do novo funcionário" autor desconhecido.

Colocar a empresa pra dentro da pessoa, antes de colocá-la para dentro da empresa é fundamental para ter profissionais mais engajados, desde o início. É nesse momento que a relação já pode começar de forma emocional e não apenas transacional, concorda? Tem empresa que entrevista durante 30 minutos e no outro dia o cara já está treinando para trabalhar; no máximo passam um vídeo da empresa e pronto, “jogam” o cara para dentro do negócio.

Mas, também conheço empresas que fazem bem direitinho esse movimento tão importante. Um exemplo é o MMA criado pelos queridos amigos da @potiguarhonda. MMA que dizer Momento Mágico de Acolhida. É ali que o cara percebe que não está entrando em qualquer empresa e também entende de forma muito bem clara quem ele precisa ser e o que precisa fazer para se dar bem por lá.

Aprender sobre o trabalho, isso vem depois, pois quando a pessoa percebe a Cultura e se apaixona por ela, já entra não apenas como um novo funcionário, mas também como um fã. E aí, como é feito na sua empresa? Você conhece empresas que possuem um processo de acolhida bacana? (Fred Alecrim)
AECambuí | CDL - Associação Empresarial de Cambuí
Agência WebSide