AECambuí | CDL
Associação Empresarial de Cambuí






QUEM SOMOS | SERVIÇOS | ASSOCIADOS | PROFISSIONAL AUTÔNOMO | EMERGÊNCIA CAMBUÍ | CONTATO
Ligue para AECambui » (35) 3431-3046
» Revista "O Empresário"
» Banco de Currículo
» Últimas Notícias
» A legislação e o empresário
» Auto-Ajuda
» Comportamento
» comunicação
» Conselhos Úteis
» Finanças ao seu alcance
» Jurisprudência
» Momento Empresarial
» Tipos de Consultas SCPC
» Vida saudável
» Turismo
» Fotos da Cidade
» Fotos dos Cursos
» Memória Viva





VOLTAR
Auto-Ajuda



Publicado em: 13/06/2012

Você pode não ter a vida que sempre sonhou com o seu cônjuge, mas quem disse que você não é feliz? Afinal, ter um companheiro para compartilhar as experiências da vida madura é extremamente vantajoso. Um estudo desenvolvido por pesquisadores da Universidade de Michigan, nos Estados Unidos, analisou mais de 1.300 indivíduos para chegar a um resultado impressionante: embora muitos casais não percebam, eles são mais felizes juntos do que seriam se fossem solteiros. Pra quem duvidava antes, especialistas concordam que o casamento traz, sim, felicidade.

Os pesquisadores americanos analisaram o efeito em longo prazo de quatro grandes acontecimentos na vida das pessoas: casamento, nascimento de um filho, desemprego e viuvez. Ao se falar de casamento, através da análise dos resultados, os pesquisadores entenderam que pessoas casadas são mais felizes do que pessoas solteiras, mas nada perceptível. Eles explicam: conforme envelhecemos, é normal que as pessoas se tornem um pouco mais tristes. No entanto, a relação a dois de um casamento serve como um "fator de proteção" contra isso. Ou seja, entre pessoas da mesma faixa etária, os solteiros se tornam gradativamente mais tristes enquanto o nível de felicidade dos casados se mantém.

Em um dado momento do texto do estudo, os pesquisadores afirmaram que o nível de satisfação com a vida conforme o passar dos anos diminui gradativamente, tanto entre solteiros quanto em casados. A mediadora de conflitos e autora do livro "Mediando Conflitos no Relacionamento a Dois", Suely Buriasco, concorda que isso pode acontecer. Segundo ela, "observa-se que é comum no processo de envelhecimento uma gradativa diminuição na satisfação, o que se explica pelas perdas sofridas no decorrer da vida.

O interessante disso tudo é lutar contra essa desmotivação em nós mesmos. Saber lidar com perdas é sempre um grande ganho, uma ótica na qual se valoriza a alegria de termos vivido algo ou convivido com pessoas amadas, em detrimento ao sofrimento de perdê-los. Essa visão provoca ainda entusiasmo por novas e oportunas vivências".

Quando você é casado a capacidade de lutar contra essa desmotivação pode ser potencializada, fazendo com que seu nível de satisfação com a vida aumente. "As pessoas casadas têm, realmente, maior propensão a desenvolverem sentimentos de realização íntima. Isso é facilmente explicado pelas razões que levam as pessoas a contrair matrimônio e que têm a ver com as carências humanas, ou seja, necessidade de amar, ser amado e cultivar vida social. A felicidade no relacionamento a dois é uma construção, isso é, uma edificação de vida onde cada cônjuge tem a sua parcela de entrega, renúncia e compreensão. Nessa busca de viver bem juntos é que se desenvolve a parceria que, certamente, provocará felicidade. Penso que essa seja a finalidade do casamento em nossos dias", afirma Suely.

No entanto, é importante lembrar que cada casamento é diferente do outro. Os pesquisadores não analisaram a qualidade do casamento – se há interação entre o casal, brigas, filhos, etc., fatores que poderiam interferir no resultado desse estudo. Para Suely, "não se pode dizer que uma pessoa é mais feliz que a outra simplesmente porque é casada. Penso que o resultado da pesquisa indica que é mais fácil desenvolver sentimentos que levem a felicidade quando comungamos uma vida em parceria. Para tanto, é preciso que haja companheirismo no sentido de enfrentar juntos os conflitos naturais da convivência , do advento dos filhos e tantos outros mais que só serão superados com muito empenho e dedicação. Isso sim traz felicidade!".







AECambuí | CDL - Associação Empresarial de Cambuí
Agência WebSide