AECambuí | CDL
Associação Empresarial de Cambuí






QUEM SOMOS | SERVIÇOS | ASSOCIADOS | PROFISSIONAL AUTÔNOMO | EMERGÊNCIA CAMBUÍ | CONTATO
Ligue para AECambui » (35) 3431-3046
» Revista "O Empresário"
» Banco de Currículo
» Últimas Notícias
» A legislação e o empresário
» Auto-Ajuda
» Comportamento
» comunicação
» Conselhos Úteis
» Finanças ao seu alcance
» Jurisprudência
» Momento Empresarial
» Tipos de Consultas SCPC
» Vida saudável
» Turismo
» Fotos da Cidade
» Fotos dos Cursos
» Memória Viva





VOLTAR
Auto-Ajuda



Publicado em: 04/01/2017

Você já se fez alguma das perguntas a seguir? Por que eu vou caminhar ou correr? Por que eu devo evitar doces e guloseimas? Por que eu vou me prevenir de problemas de saúde se não apresento nenhum sintoma?

Questões simples como estas são as principais responsáveis pela fuga da dieta e da prática de exercícios na rotina da maioria dos brasileiros. Mas a cada mudança de ano, sempre vem a proposta de fazer diferente, não é mesmo?

O fisioterapeuta e health coach Leonardo Machado explica que o corpo humano foi todo moldado para que se gaste o mínimo de energia possível. “Somos movidos, literalmente falando, a adotar hábitos que nos livram do gasto desnecessário de energia. É justamente aí que toda a confusão se instala. Se não usamos a energia, o corpo se acostuma da forma errada”, explica.

O especialista ressalta que o primeiro passo na decisão de viver uma vida saudável deve residir no desejo próprio e forte de projetar metas e objetivos que tragam desafios com uma grande recompensa ao final. “É preciso saber que cuidar do corpo hoje é preservar um futuro de bem estar no futuro. Pensar na velhice é fundamental para ter uma vida plena por mais tempo”, completa.

Concluindo, ele explica que se a meta da vida de determinada pessoa for o sedentarismo, ficar sentado no sofá, descansando, o corpo e a mente se adaptará a esta rotina. Como fugir disso? A dica é escrever em uma folha, com letras bem grandes, tudo aquilo que você faria hoje se não sentisse mais aquelas pequenas dores do dia a dia (no joelho, na lombar, na cervical, tendinites, dores abdominais….).

“Reflita inicialmente se são realmente as dores que estão lhe impedindo de viver em plenitude. Coloque esta folha em um lugar que você possa visualizar regularmente e lembrar que você quer se desfazer das dores físicas ou de problemas que te prejudicam (uma gordura extra, ansiedade, estresse, dificuldade para correr)”, destaca.

Caso você se veja realizando algum hábito pouco saudável, aquele seu objetivo de valor lhe impedirá de seguir em frente, isto porque o seu desejo é a mola mestra para construir uma vida repleta de propósitos e legados.

Confira abaixo uma lista com 6 hábitos diários que vão ajudar você a realizar seus desejos de Ano Novo:

1 – Fique de olho na alimentação

A alimentação é a chave de diversos problemas, inclusive para diminuir o estresse. Não pule refeições; se alimente de vitaminas do complexo B, como: cereais integrais, feijão, soja (essas vitaminas tem um componente muito favorável à diminuição do estresse: triptofano) e aumente sua carga de vitamina C com sucos de laranja, acerola, mamão e goiaba (essa vitamina é responsável por uma maior absorção de ferro e vitaminas do complexo B).

Outros alimentos como a banana e o abacaxi podem ser excelentes indutores de fabricação da serotonina, nosso hormônio do bem-estar e prazer. E não se esqueça de se hidratar bem, isso pode diminuir o risco de dores de cabeça e inchaços, que só pioram o estresse.

2 – Durma bem

Cuide da qualidade do seu sono, porque uma noite mal dormida traz irritabilidade, falta de atenção e concentração, dores e um cansaço extremo. Todos esses malefícios de uma noite mal dormida podem aumentar o estresse. Quando é mais de uma noite, então, os efeitos são catastróficos. Não durma menos que a sua necessidade de sono.

3- Mova-se

Fazer exercícios — seja uma caminhada, exercícios de baixo impacto, natação ou até mesmo ir à academia — faz com que o corpo produza mais serotonina. Não fique parado, mova-se e o seu estresse irá dar um tempo.

4- Respire fundo

Respirar profundamente 10 vezes é um bom método para manter-se equilibrado.


5- Planeje mais

Quantas vezes você não já se deparou com aquela situação do tipo: não tenho tempo pra nada? O fato é que a quantidade de atribulações que temos em nosso dia a dia podem acarretar uma sensação de excesso de tarefas e afazeres. Planeje a tarefa mais importante que você terá pela frente, coloque ordens de prioridade em sua vida e não procure fazer tudo ao mesmo tempo. Aprenda a dizer mais a palavra não. Diga não para tudo aquilo que te impede de alcançar seus objetivos mais importantes.


6 – Acredite no poder da música

Cante ou escute uma música. O importante é liberar toda a sua tensão do dia a dia com sua música favorita. E deixe seu corpo ser guiado pela energia da canção. Uma ótima forma de fugir do sedentarismo é usar o ritmo da música a seu favor. Seja numa caminhada, dançando ou pulando.




AECambuí | CDL - Associação Empresarial de Cambuí
Agência WebSide