AECambuí | CDL
Associação Empresarial de Cambuí






QUEM SOMOS | SERVIÇOS | ASSOCIADOS | PROFISSIONAL AUTÔNOMO | EMERGÊNCIA CAMBUÍ | CONTATO
Ligue para AECambui » (35) 3431-3046
» Revista "O Empresário"
» Banco de Currículo
» Últimas Notícias
» A legislação e o empresário
» Auto-Ajuda
» Comportamento
» comunicação
» Conselhos Úteis
» Finanças ao seu alcance
» Jurisprudência
» Momento Empresarial
» Tipos de Consultas SCPC
» Vida saudável
» Turismo
» Fotos da Cidade
» Fotos dos Cursos
» Memória Viva





VOLTAR
Auto-Ajuda



Publicado em: 18/08/2016

Como nós vivemos nosso dia a dia é a maneira, claro, como nós vivemos nossas vidas”, diz Annie Dillard, autora do livro “The Writing Life” (ainda sem tradução no Brasil). Essa “escolha” pela felicidade levou Eric Zimmer, do podcast “The One You Feed”, que incentiva conversas inspiradoras para uma vida melhor, a conversar com mais de 110 psicólogos, gurus de mindfulness e coaches sobre como é possível ultrapassar medos para atingir a felicidade.

A conclusão: é preciso um esforço constante e consistente para viver o melhor em nossas vidas.

“Nós temos uma escolha em nossas vidas, em nosso comportamento e nossas mentes no que queremos nos concentrar e que tipo de pessoas queremos ser”, disse Zimmer ao Business Insider.

Zimmer selecionou algumas práticas diárias para ser mais feliz.

1. Meditar

Mesmo que seja apenas por dois ou três minutos ao dia, a prática de meditar ajuda a pessoa a estar mais presente, concentrada e aberta, diz Zimmer. A meditação também pode ajudar alguém a entender como sua mente opera e evitar entrar em “piloto automático” e tomar decisões que nem sempre são as melhores. “Felicidade é uma consequência de estar consciente”, diz Zimmer. “É importante treinar esse ‘músculo’”.

Para os iniciantes na prática da meditação, o ideal é escolher um espaço tranquilo e quieto por alguns minutos – preferencialmente no mesmo horário a cada dia. É importante estar atento ao que acontece apenas naquele momento, concentrando-se na respiração. Se um pensamento ocorrer, como “tenho de pagar uma conta” ou “preciso ligar para fulano”, procure esvaziar a mente e volte a se concentrar na respirar.

2. Instale alarmes para evitar se “perder” na navegação online

Facebook, Snapchat, Twitter e YouTube são uma grande distração – para o bem e para o mal. “Temos um desejo natural de nos distrair com nossos celulares, o que nem sempre é uma coisa ruim, mas deveríamos gastar nosso tempo com coisas que realmente importam”, diz Eric Zimmer. “Quanto mais estamos conscientes de como gastamos nosso tempo e fazemos coisas que são importantes para nós, mais felizes nos tornamos”.

A dica dos especialistas ouvidos é instalar alarmes de tempo para não ceder à tentação de navegar indefinidamente. Digamos, se a ideia é checar o Facebook e ver o que os amigos estão fazendo ou dizendo, que seja por um período de 10 ou 15 minutos. E assim que o alarme tocar, o importante é sair imediatamente.

Outra forma de se manter “focado” é enviar mensagens para si mesmo durante o dia, com três perguntas:
- Onde estou?
- O que estou fazendo?
- O que estou fazendo é importante para mim?

3. Use o "jogo do alfabeto" para evitar pensamentos negativos

Se você é do tipo que tem tendência a ficar pensando, repensando e ruminando sobre assuntos que costumam levar a pensamentos negativos, a recomendação de Eric Zimmer é o jogo do alfabeto. Começa-se com A: cite uma coisa que você aprecia que começa com essa letra. Então vá para B, C, D até chegar a Z.

É uma boa estratégia para afastar sua mente de pensamentos que pouco colaboram para uma vida mais feliz. “Funciona melhor do que apenas pensar positivamente. O fato de que é um jogo ajuda a sedimentar a sensação de gratidão”, explica Zimmer.




AECambuí | CDL - Associação Empresarial de Cambuí
Agência WebSide